Verizon vende Yahoo e AOL ao fundo Apollo por cinco mil milhões de dólares

Poucos anos depois de ter comprado as duas marcas por um montante global de 8,8 mil milhões de dólares, a Verizon desfaz-se agora do controlo da Verizon Media por cinco mil milhões.

A Verizon vai vender o Yahoo e a AOL ao grupo Apollo Global Management, num negócio avaliado em cinco mil milhões de dólares. A informação foi confirmada pela própria empresa norte-americana, que dá conta da assinatura de um “acordo” entre as duas partes para a concretização da operação.

Em causa está a alienação da quase totalidade da subsidiária Verizon Media a fundos geridos pela Apollo. Todavia, a Verizon manterá uma posição de 10% na companhia, que passará a chamar-se apenas Yahoo e continuará a ter Guru Gowrappan como presidente executivo, indicou a companhia.

“A Verizon Media conta com marcas icónicas como Yahoo e AOL, assim como outras plataformas líderes em negócios como os da tecnologia para publicidade digital [ad tech] e media. A operação vai permitir à Verizon Media perseguir agressivamente áreas de crescimento e coloca-a na posição de beneficiar os seus trabalhadores, anunciantes, parceiros de conteúdos e cerca de 900 milhões de utilizadores ativos mensalmente em todo o mundo”, indicou a empresa num comunicado.

A venda à Apollo constitui a mais recente página na história de duas das marcas pioneiras na internet. No final dos anos 90, o Yahoo era considerado o principal portal da internet e chegou a concorrer ferozmente com o motor de busca Google. O AOL chegou a ser o serviço mais usado para aceder à internet, recorda o The New York Times.

Atualmente, o Yahoo e a AOL assumem um papel muito menos relevante no panorama mundial da internet. Contudo, continuam a ser responsáveis por alguns sites de grande tráfego, como é o caso do Yahoo Sports e do jornal digital de tecnologia TechCrunch.

A venda da Verizon Media significa a saída da Verizon do negócio de media, depois de ter iniciado uma estratégia para este setor em 2015, quando pagou 4,4 mil milhões de dólares pela AOL. Em 2017, a Verizon pagou outros 4,48 mil milhões de dólares pelo Yahoo. Vende agora ambos os ativos, e outros, por cinco mil milhões.

(Correção: Uma versão anterior deste artigo referia-se erradamente a Guru Gowrappan como Guru Goweappan. Aos leitores e visados, as nossas desculpas.)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Verizon vende Yahoo e AOL ao fundo Apollo por cinco mil milhões de dólares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião