Corrida às bicicletas elétricas esgota “cheques” do Estado

Registam-se 1.898 pedidos de apoios que correspondem a 50% do valor de compra, com um máximo de 350 euros. É um número superior ao dos "cheques" disponíveis.

Depois das bicicletas convencionais, esgotaram também os “cheques” do Fundo Ambiental para apoiar a compra de bicicletas elétricas. Portugueses já pediram mais do que os 1.857 apoios que foram disponibilizados este ano.

De acordo com dados do Fundo Ambiental, registam-se 1.898 pedidos de apoios que correspondem a 50% do valor de compra, com um máximo de 350 euros. Ou seja, um número superior ao dos “cheques” disponíveis.

Foram já pagos 274 apoios, havendo 1.576 candidaturas por validar, sendo que há 32 candidaturas que foram excluídas. Assumindo que todas as por validar são aceites, não há mais apoios para distribuir.

Este ano as bicicletas elétricas inserem-se na mesma categoria dos ciclomotores e motociclos, tendo sido fixado o teto máximo de 1.857 “cheques” ou 650 mil euros. O número de apoios quase duplicou face ao ano passado, mas a procura está a ser elevada.

Já antes de esgotarem estes “cheques” tinham esgotado os apoios para as bicicletas convencionais. Um mês depois de ser lançado o apoio, foram solicitados todos os “cheques” disponíveis.

Foram mantidos os mesmos 500 “cheques” do ano passado, sendo que os dados do Fundo Ambiental superaram esse número no arranque de abril. Atualmente, há um total de 935 candidaturas, ou seja, quase o dobro do disponibilizado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Corrida às bicicletas elétricas esgota “cheques” do Estado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião