Curso de medicina na Católica vai custar 17 mil euros por ano em propinas

  • ECO
  • 7 Maio 2021

Formação dura seis anos, inclui mestrado, e vai custar quase 100 mil euros no total. É o primeiro curso de medicina numa faculdade privada no país. Aulas arrancam em setembro.

É o primeiro curso de medicina a ser lecionado numa faculdade privada portuguesa, mas não será acessível a qualquer carteira. A Universidade Católica arranca em setembro com esta formação, que custará quase 17 mil euros por ano em propinas, num total de quase 100 mil euros nos seis anos de curso, avança o Público (acesso pago). Candidaturas estão abertas até ao final de maio.

1.625 euros por mês em propinas é quanto irão desembolsar os 50 alunos que ingressarem em medicina na Católica em setembro. Um valor que, segundo a universidade, corresponde ao custo real da formação. As 10 mensalidades a cada ano perfazem 16.250 euros pelos seis anos de formação (que inclui mestrado integrado), num custo total de 97.500 euros ao qual acrescem 1.500 euros de inscrição.

Ao Público, fonte da reitoria da Católica refere que o valor da propina “reflete o custo de formação de um aluno de medicina” e que nas universidades públicas esse “valor é coberto pelo Orçamento do Estado, sustentado (…) pelos contribuintes”, enquanto nesta instituição privada “a propina é suportada pelas famílias”. Aulas arrancam a 13 de setembro com os primeiros 50 alunos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Curso de medicina na Católica vai custar 17 mil euros por ano em propinas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião