Escassez de chips leva Bosch para novo lay-off em Braga

  • ECO
  • 7 Maio 2021

Lay-off arranca a 10 de maio e vai afetar 2.300 trabalhadores, ou seja, cerca de 80% do total. Bosch vai assegurar 85% do salário, acima do previsto na lei.

A escassez de chips na indústria automóvel é um problema que está a afetar muitas empresas e que já chegou a território nacional. A Bosch é uma delas e, como consequência disso, vai avançar com um novo lay-off na fábrica de Braga a partir da próxima semana, afetando cerca de 80% dos trabalhadores, avançou a empresa em declarações ao Jornal Económico.

“Vamos aplicar [em Braga] o lay-off previsto no código de trabalho”, adiantou o representante da Bosch em Portugal, Carlos Ribas, àquele jornal, afirmando que esta medida, que entra em vigor a partir de 10 de maio e deverá durar um mês, trata-se de uma “solução temporária”.

Em causa está uma redução do horário de trabalho, mas também do salário. “No total e em etapas faseadas, cerca de 80% [2.300 de 3.800] dos trabalhadores vão ser afetados. Uns com mais dias, outros com menos, dependendo das áreas”, acrescentou o responsável. A Bosch, contudo, vai assegurar uma remuneração de 85% do rendimento ilíquido mensal aos trabalhadores afetados, indo além dos dois terços previstos na lei.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Escassez de chips leva Bosch para novo lay-off em Braga

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião