Novo Banco tem créditos de 16 milhões de euros sobre Zmar

  • ECO
  • 7 Maio 2021

No processo de insolvência da Multiparques, há três credores que se destacam: a Ares Lusitani, com 22 milhões, o Novo Banco, com 16 milhões e a AICEP, com 5 milhões. 

O Novo Banco é o segundo maior credor da Multiparques, empresa proprietária do empreendimento Zmarresort requisitado pelo Governo devido à situação pandémica em Odemira. O banco vem atrás da Ares Lusitani, entidade que pediu a insolvência em tribunal do Zmar.

No processo de insolvência da Multiparques, há três credores que se destacam com dívidas que, no total, ascendem a 50 milhões, avança o semanário Expresso. São eles: a Ares Lusitani, com 22 milhões, o Novo Banco, com 16 milhões e a AICEP, com 5 milhões.

A Multiparques começou a ter dificuldades financeiras quando a acionista maioritária, Carvex, entrou em insolvência. Nesse processo foi mesmo o Novo Banco a fazer o pedido ao tribunal. A posição da Carvex na Multiparques acabou por ser adquirida pela gestora norte-americana KKR – que é também acionista da Ares Lusitani.

Em 2019, como noticia o Expresso, o Novo Banco vendeu créditos na carteira de malparado Nata e aí estava uma parte da exposição creditícia à Multiparques. Na altura, o comprador foi a gestora KRR, que deixou a gestão destes créditos a cargo da Ares Lusitani, que agora reclama 22 milhões de crédito no processo de insolvência da Multiparques.

O Novo Banco, no entanto, ainda tem uma exposição financeira à KRR além desse crédito que vendeu. De acordo com o semanário, 16 milhões de euros ainda ficaram na instituição liderada por António Ramalho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novo Banco tem créditos de 16 milhões de euros sobre Zmar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião