Maior rede de oleodutos dos EUA sofre ciberataque e suspende operações

  • Lusa
  • 8 Maio 2021

A Colonial teve que interromper a sua operação nos 8.850 quilómetros de oleodutos que administra e que são essenciais para abastecer os grandes centros populacionais do leste e do sul do país.

A maior rede de oleodutos dos Estados Unidos viu-se obrigada a suspender as suas operações após ter sido vítima de um ciberataque, cujo autor ainda é desconhecido, informou a empresa.

A Colonial teve que interromper a sua operação nos 8.850 quilómetros de oleodutos que administra e que são essenciais para abastecer os grandes centros populacionais do leste e do sul do país.

A empresa transporta até 2,5 milhões de barris de gasolina, gasóleo e combustível de aviação por dia das refinarias no Golfo do México para as grandes cidades no sul e leste dos Estados Unidos. É responsável por 45% do transporte de combustíveis para o litoral leste do país, segundo indica no seu site.

Num comunicado emitido na sexta-feira, a Colonial revelou que naquele mesmo dia detetou um ataque cibernético e decidiu interromper as operações em toda a rede de gasodutos para evitar mais danos nos sistemas de computador, mas não revelou quanto tempo é que as operações poderão estar paradas.

A última vez que a Colonial teve que interromper as suas linhas de transporte de combustível foi durante o furacão Harvey, que atingiu o Golfo do México, em 2017. Nessa altura, os preços da gasolina atingiram o pico em cinco anos e os preços do gasóleo atingiram o pico em quatro anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Maior rede de oleodutos dos EUA sofre ciberataque e suspende operações

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião