Marcelo pede transição digital “a pensar também nos mais excluídos”

O Presidente da República apelou ao setor das comunicações para que, na transição digital em curso, não esqueça os mais excluídos. "Que não haja um dualismo agravado na sociedade portuguesa", avisou.

O Presidente da República apelou ao setor das comunicações para que não esqueça os mais “excluídos” na transição digital em curso, de forma a evitar um “dualismo na sociedade portuguesa”.

Numa mensagem no arranque do 30.º congresso da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), Marcelo Rebelo de Sousa disse que o papel “pioneiro” do setor português “é indiscutível”. “Viram primeiro, viram antes, avançaram”, afirmou.

Mas o Chefe de Estado pediu também que essa digitalização seja feita “a pensar nos mais jovens, mas também nos mais excluídos, que têm dificuldade em acompanhar este passo”.

“Que não haja um dualismo agravado na sociedade portuguesa entre os que acompanham e os que não acompanham o digital. Uma minoria a acompanhar-vos e uma maioria crescente que não vos acompanha”, reiterou Marcelo Rebelo de Sousa, num congresso que decorrerá de forma híbrida, por causa da pandemia da Covid-19.

O setor das comunicações encontra-se numa fase de viragem. Enquanto o Governo tem promovido medidas para tentar digitalizar o país, o setor caminha em direção à quinta geração de rede móvel, o 5G.

Há um leilão de frequências em curso, mas dura há mais de 80 dias e sem sinal de terminar, verificando-se uma forte crispação entre operadoras, regulador e Governo. Portugal é um dos três países da União Europeia que ainda não têm rede comercial 5G.

Na mensagem inicial, Marcelo Rebelo de Sousa disse: “A palavra que vos quero deixar é futuro, futuro, futuro. O futuro é vosso e, sendo vosso, é nosso.”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marcelo pede transição digital “a pensar também nos mais excluídos”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião