Depois da festa do Sporting, Governo pede mais “responsabilidade” e “contenção”

Serras Lopes aponta que "é importante que todos tenhamos aprendido" que aglomerações como as que aconteceram nos festejos do Sporting "não são aconselháveis em pandemia" e pede responsabilidade.

Após os festejos do Sporting, o Secretário de Estado da Saúde aponta que “é importante que todos” tenham “aprendido” que aglomerações “daquela dimensão não são aconselháveis em pandemia”, pedindo, por isso, mais “responsabilidade e contenção”.

O que aconteceu na festa de terça-feira teve algo de particular e de especial“, começa por referir Diogo Serras Lopes, em declarações transmitidas pela RTP3, acrescentando que considera que a situação não seja “comparável a um jogo da primeira liga ou a uma Taça de Portugal”, pelas circunstâncias “especiais” em que os festejos decorreram.

Contudo, o secretário de Estado da Saúde espera que se tenham retirado lições relativamente às consequências de grandes em aglomerações em contexto pandémico. “Terá sido muito importante que todos tenhamos aprendido que efetivamente multidões daquela dimensão não são aconselháveis em pandemia e podem ter consequências em termos de saúde pública“, avisa.

Nesse sentido, o responsável apela “a uma enorme responsabilidade” e “a maior contenção possível” da população, lembrando que os portugueses não se podem “esquecer o que foi janeiro e fevereiro de 2021 e o e que foi difícil para todos ultrapassar esse período de maior pressão sobre o SNS”.

Estas declarações surgem no rescaldo da conquista pelo Sporting do título de campeão nacional, após um “jejum” de 19 anos e que levou a um ajuntamento de milhares de adeptos no Marquês de Pombal e junto ao Estádio José de Alvalade, em Lisboa, durante praticamente toda a madrugada. Esta situação já levou a uma abertura de inquérito por parte do Governo e levou a que a Câmara Municipal de Lisboa a modificar a receção da equipa e a não permitir a permanência de adeptos na Praça do Município e nas ruas adjacentes.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Depois da festa do Sporting, Governo pede mais “responsabilidade” e “contenção”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião