António Horta Osório nomeado administrador independente da PartnerRe

  • ECO Seguros
  • 30 Maio 2021

A resseguradora controlada pela holding dos Agnelli nomeou Horta Osório administrador independente, e responsável pela área de investimento.

António Horta Osório foi nomeado administrador independente da resseguradora PartnerRe. A nomeação produz efeito a 27 de maio e confere ao português assento no conselho de administração (board) da companhia de resseguros.

Presidente do conselho de administração do Credit Suisse desde abril, o banqueiro junta-se à PartnerRe para presidir ao Comité de Investimento da companhia e participar também como membro do Comité de Risco e Subscrição da resseguradora com atividade mista (não Vida e Vida-Saúde) e resseguro de Specialty.

Os negócios da companhia sediada na Bermuda distribuem-se sobretudo pela América do Norte (55% do volume de prémios emitidos em 2020), Europa (28%) e Ásia Pacífico (12%).

Nascida em 1993, a PartnerRe tem a Exor, holding controlada pela família Agnelli, como acionista maioritária desde 2016. António Horta Osório foi administrador não executivo da Exor NV entre julho de 2015 e maio de 2021.

António Horta Osório, que na última década foi CEO do Lloyds Banking Group, já tinha dirigido o Santander Totta e a sucursal do Santander no Reino Unido, onde chegou à vice-presidência do grupo bancário espanhol.

Falando também em nome de Jacques Bonneau (CEO) e do board, Brian Dowd, chairman da Partner Re, deu as boas-vindas ao novo colega, salientando que “mais de 34 anos de experiência” que o português acumula no setor financeiro significam “fôlego e profundidade de conhecimentos que muito contribuirão para fortalecer a PartnerRe”.

Com a nomeação de António Horta Osório, o conselho de administração da entidade passa a contar com seis elementos, quatro dos quais são administradores independentes da companhia, detalha a PartnerRe em comunicado.

A resseguradora fechou o exercício de 2020 com ativos totais estimados em 28 mil milhões de dólares e receitas de 7,4 mil milhões.

No primeiro trimestre de 2021, a PartnerRe contabilizou prejuízo líquido de 66 milhões e mais de 2000 milhões de dólares em prémios de resseguro emitido. A área de investimento, apesar de rentabilidade negativa de 19 milhões, obteve lucro de 87 milhões de dólares no trimestre, um ganho 16% inferior ao alcançado em março de 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

António Horta Osório nomeado administrador independente da PartnerRe

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião