Já pode ver o saldo do IVAucher na aplicação e-fatura. Saiba como

Já pode ver o saldo do IVAucher na aplicação oficial do e-fatura. Saiba como consultar o montante que tem acumulado para descontar em alojamento, restauração e cultura no último trimestre do ano.

A fase de acumulação do programa IVAucher arrancou esta terça-feira e já há forma de saber que saldo tem disponível para gastar no final do ano. A medida, operacionalizada pela Salt Pay, foi criada pelo Governo para impulsionar três dos setores mais castigados pela pandemia.

De 1 de junho a 31 de agosto, o IVA que pagar nos setores da cultura, alojamento e restauração vai-se acumulando. Na segunda fase do programa, entre 1 de outubro e 31 de dezembro, o saldo que tiver conseguido nesta primeira fase pode ser usado em descontos de 50% em serviços nos mesmos três setores.

Muito confuso? Para entender melhor, veja este exemplo fictício. Entre junho e agosto, a Maria jantou 15 vezes em restaurantes, passou férias no Gerês e foi três vezes ao teatro. Neste período, pagou 100 euros em IVA pelo conjunto destes serviços. E aderiu ao programa IVAucher.

No dia 1 de outubro, a Maria voltou a jantar fora. A refeição custou 20 euros. Mas como a Maria é aderente do programa, usou o seu saldo do IVAucher para descontar 50% da fatura, pagando apenas 10 euros no final. O saldo do IVAucher reduziu-se para 90 euros, que a Maria ainda pode gastar em descontos noutros serviços até ao final do ano.

Como ver o saldo que tem disponível? Já é possível fazê-lo na aplicação oficial do portal e-fatura. Na segunda-feira à noite, a Autoridade Tributária lançou nas principais lojas de aplicações uma atualização que acrescenta esta funcionalidade à app. Nos próximos passos, aprenda a instalar ou atualizar a app e a consultar ao seu saldo do programa IVAucher.

Passo 1: Instalar ou atualizar a aplicação

A app e-fatura pode ser descarregada nas principais lojas.Flávio Nunes/ECO

Para ver o saldo do IVAucher na app do e-fatura, é preciso ter a aplicação instalada no seu telemóvel em primeiro lugar. Se ainda não a tem, pode descarregar aqui (se tem iPhone) ou aqui (se usa Android). Basta entrar nas ligações e carregar em “Instalar”.

Se já tinha a aplicação instalada no telemóvel, é necessário atualizá-la. Contando que o seu smartphone não fez isso por si durante a noite, o processo é relativamente simples:

  • Se tem iPhone: abra a App Store, carregue na sua fotografia (canto superior direito), desça até encontrar a e-fatura e carregue em “Atualizar”. O processo não deverá demorar mais do que dois minutos.
  • Se usa Android: abra a Play Store, clique na sua fotografia (canto superior direito), entre em “Os meus jogos e apps”, desça até encontrar a e-fatura e carregue em “Atualizar”.

Passo 2: Fazer login na aplicação

Se instalou a aplicação de raiz, agora é preciso aceder à sua conta de contribuinte. Além de permitir ver o saldo do IVAucher, a aplicação dá também para registar despesas com QR Code e validar as suas faturas ao longo do ano.

  1. Abra a aplicação.
  2. No primeiro campo, introduza o seu NIF.
  3. No segundo campo, escreva a sua palavra-passe do Portal das Finanças.
  4. Carregue em “Entrar”.

Passo 3: Ver o saldo do IVAucher

A partir deste momento, se as credenciais que introduziu estiverem corretas, verá, logo no topo do ecrã, o valor das suas deduções provisórias em sede de IRS. O que interessa para este artigo é a linha com a indicação “IVAucher”.

À esquerda, o saldo do IVAucher; à direita, a opção para ver a lista das faturas.Flávio Nunes/ECO

Sempre que uma nova despesa com NIF for comunicada às Finanças, este valor atualiza e corresponde ao seu saldo provisório que poderá gastar no último trimestre. Mas atenção: o valor não é apresentado em tempo real e algumas das despesas podem demorar até surgirem no e-fatura.

Se carregar na opção do IVAucher, acede a um novo painel que lhe permite ver uma lista das faturas onde acumulou saldo no programa. Desta forma, consegue ir acompanhando o seu progresso.

Como aderir ao IVAucher?

Apesar de o programa IVAucher já ter arrancado, ainda não existe uma forma de aderir. Será disponibilizada dia 15 deste mês, segundo o Governo. Mas a adesão poderá ser feita a qualquer momento, até ao fim do ano, sem que perca saldo por causa disso: os consumos feitos já esta terça-feira contam já como saldo do IVAucher, mesmo aderindo ao programa mais tarde.

A app IVAucher será disponibilizada em breve para centralizar a informação do programa e permitir os pagamentos.Flávio Nunes/ECO

A Salt Pay, o consórcio a que foi adjudicada a operacionalização deste programa, já disponibilizou um portal com toda a informação essencial sobre o IVAucher. Está disponível aqui.

Sendo o e-fatura, para já, a única forma de ver o saldo do IVAucher, deverá ser disponibilizada uma outra aplicação própria do programa (ver imagem à esquerda). Alguns portugueses já a conseguiram instalar, mas não está amplamente disponível.

Será também através desta segunda aplicação que os contribuintes poderão pagar faturas com o saldo do IVAucher, a partir do dia 1 de outubro. Para tal, na adesão ao programa, terá de indicar um ou vários cartões bancários.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Já pode ver o saldo do IVAucher na aplicação e-fatura. Saiba como

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião