Bilhetes de avião entre Faro e Londres chegam a custar quase 1.000 euros com saída de Portugal da “lista verde”

De acordo com o Skyscanner, viagens que se realizem nos próximos dias entre Faro e Londres custam no mínimo 160 euros. Podem chegar quase aos 1.000 euros para apenas uma pessoa.

O anúncio de que Portugal passaria a ficar de fora da “lista verde” de destinos turísticos do Reino Unido veio mudar os planos a muitos dos turistas que estão já a passar férias em território nacional. Esta notícia está a obrigar muitos britânicos a antecipar a viagem de regresso a casa, de forma a evitar os 10 dias de quarentena à chegada, que passará a ser exigida a todos os que regressem de Portugal a partir de terça-feira.

A maior procura por estes bilhetes fez com que os preços dos voos disparassem. É precisamente o que está a acontecer para as viagens com partida de Faro, uma vez que o Algarve é um dos destinos preferidos dos turistas do Reino Unido, principalmente nesta altura do ano.

O ECO consultou o site de comparação de preços de voos Skyscanner e comprovou que os preços dos voos a realizarem-se nos próximos dias entre Faro e Londres estão agora mais elevados do que o normal. Mas, a partir de terça-feira, altura em que os britânicos passam a ser obrigados a ficar de quarentena no regresso ao seu país de origem, os valores baixam para cerca de metade.

Para este sábado, o Skyscanner informa que já não existem mais voos disponíveis, pelo que se pode concluir que todas as viagens entre Faro e Londres já se encontram esgotadas. Mas entre domingo e segunda-feira, uma viagem para uma pessoa entre essas duas localizações pode ser marcada pelo preço mínimo de 160 euros, um valor que fica bastante acima do usual.

Os voos diretos que forem agora marcados e que sejam realizados antes da entrada em vigor da quarentena obrigatória de 10 dias podem chegar até aos 922 euros no domingo, valor que se fica pelos 801 euros na segunda-feira. Em ambos os casos estão em causa viagens realizadas através da British Airways, cujos preços podem ir dos 161 euros até aos 922 euros para estes dias.

Preços mais baixos para a British Airlines no domingo, dia 6 de junho.

Pela companhia britânica easyJet, os viajantes devem estar preparados para despender, caso se proponham a realizar a mesma viagem no domingo, uma quantia compreendida entre os 200 e os 292 euros. Segundo o mesmo site de comparação de preços, as viagens entre Faro e Londres da Ryanair e da TAP já se encontram, por sua vez, esgotadas.

Contudo, a partir de terça-feira, dia 8, dia em que as restrições entram em vigor, o cenário é outro. A viagem mais barata pode ser realizada por 80 euros num voo com a duração de cerca de três horas, para uma pessoa, pela easyJet — companhia que oferece preços máximos de 134 euros para esse mesmo dia, o que fica consideravelmente abaixo dos valores alcançados nas viagens a realizar nos dias anteriores. Na Ryanair, a viagem entre Faro e Londres será já um pouco mais cara, entre os 129 euros e os 253 euros.

Voos mais baratos para terça-feira, dia 8 de junho.

Na companhia aérea inglesa, a British Airways, o voo mais barato para essa data ronda os 136 euros, podendo no entanto ir até aos 191 euros. Um valor que, fica, no entanto, bastante abaixo do máximo de 922 euros oferecido por esta mesma companhia em dias anteriores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bilhetes de avião entre Faro e Londres chegam a custar quase 1.000 euros com saída de Portugal da “lista verde”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião