Bosch investe mil milhões em fábrica de chips na Alemanha

A nova fábrica de chips, considerada uma das mais modernas do mundo, representa um investimento de cerca de mil milhões e é o maior investimento individual em mais de 130 anos de história da Bosch.

A Bosch acaba de inaugurar em Dresden, Alemanha, uma das mais modernas fábricas de chips semicondutores do mundo. A unidade de alta tecnologia representa um investimento de cerca de mil milhões de euros. É o maior investimento individual em mais de 130 anos de história da empresa.

Os primeiros chips para as ferramentas elétricas da Bosch sairão da linha de produção em julho – seis meses antes do previsto. A partir daí, os semicondutores fabricados na nova fábrica serão instalados em ferramentas elétricas da Bosch. Para clientes do setor automóvel, a produção de chips começará em setembro e, portanto, três meses antes do previsto.

Para a Bosch, os semicondutores “são uma tecnologia central” e é “estrategicamente importante” que seja a empresa a desenvolvê-los e a fabricá-los. “Em Dresden, com a ajuda da inteligência artificial, levaremos a produção de semicondutores para o próximo nível”, disse o Volkmar Denner, presidente do conselho de administração da Robert Bosch GmbH. “Esta é a nossa primeira fábrica de AIoT: totalmente conectada, orientada por dados e auto-otimizada desde o início.”

Máquinas e processos integrados altamente automatizados e totalmente conectados, combinados com métodos de inteligência artificial (IA), fazem da fábrica de Dresden uma fábrica inteligente e pioneira na Indústria 4.0. “Graças à combinação da inteligência artificial e a Internet das coisas, estamos a criar a base para a melhoria contínua e orientada por dados na manufaturação”, afirma Denner.

Para a Angela Merkel, a nova fábrica de chips da Bosch vai contribuir para aumentar a capacidade do país em microeletrónica. “A microeletrónica é a base para quase todas as tecnologias promissoras, para aplicações de inteligência artificial, computação quântica e para condução autónoma e conectada – que também é uma especialidade da Bosch”, disse a chanceler federal.

Em Dresden, com a ajuda da inteligência artificial, levaremos a produção de semicondutores para o próximo nível.

Volkmar Denner

Presidente do conselho de administração da Robert Bosch GmbH

A chanceler alemã reforçou que a nova fábrica de semicondutores é o “maior investimento na história da empresa, ainda assim isso não pode ser o principal destaque, uma vez que a sua dimensão capacidade de produção adicional são por si só impressionantes. Os métodos mais recentes de melhoria contínua na produção baseada em dados tornam a fábrica de Dresden uma fábrica inteligente. Por outras palavras: nesta fábrica, a inteligência natural e a artificial uniram forças com a internet das coisas para formar uma simbiose produtiva”, reforçou a chanceler alemã.

Numa altura que o mundo enfrenta problemas na escassez de chips, a vice-presidente da Comissão Europeia destaca que a tecnologia de ponta apresentada na nova fábrica de chips de Dresden “vai ajudar a fortalecer a competitividade da Europa como berço para inovações de ponta”. Margrethe Vestager acrescenta ainda que este investimento por parte da Bosch “é um grande exemplo daquilo que os atores europeus públicos e privados podem alcançar quando unem os seus esforços. Os semicondutores contribuirão para o desenvolvimento de setores como o do transporte, manufatura, energia limpa e saúde – nos quais a Europa se destaca”.

Com 72 mil metros quadrados de área útil, 250 pessoas já estão a trabalhar na fábrica de semicondutores localizada na capital do estado da Saxónia. O número de colaboradores deve aumentar para cerca de 700 quando as obras estiverem concluídas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bosch investe mil milhões em fábrica de chips na Alemanha

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião