Chegou a Portugal a Vinted, plataforma de compra e venda de roupa em segunda mão

  • ECO
  • 7 Junho 2021

Portugueses "poderão negociar com 21 milhões de membros de França e Espanha, através de sistemas de pagamentos seguros, aumentando a probabilidade de vender os seus artigos mais rapidamente".

A Vinted, plataforma de venda e compra de roupa e acessórios em segunda mão, chegou a Portugal esta segunda-feira, dando aos consumidores nacionais mais uma opção para ‘limpar’ o armário e ganhar ganhar um dinheiro extra com roupa que já não usa. A startup europeia conta com mais de 45 milhões de utilizadores, em mais de uma dezena de países.

“Estamos muito contentes por entrar no mercado português e de receber novas pessoas na nossa comunidade em constante crescimento. O mercado online está-se a tornar cada vez mais relevante e o mercado da segunda mão em Portugal tem um grande potencial”, afirma Thomas Plantenga, CEO da Vinted, citado em nota de imprensa.

A empresa indica ainda que “cerca de 40% dos consumidores portugueses consultados declaram que reduzir o desperdício e consumir de forma mais inteligente seriam as suas principais motivações para aderir à moda em segunda mão”, além de servir propósitos económicos, uma vez que metade das pessoas que utiliza este método tem como objetivo ganhar dinheiro extra.

Na Vinted o registo é gratuito e os portugueses “poderão negociar com 21 milhões de membros de França e Espanha, através de sistemas de pagamentos seguros, aumentando a probabilidade de vender os seus artigos mais rapidamente e ter acesso a mais opções desde o início, para várias categorias: mulher, homem, criança e acessórios da casa”.

A startup europeia está sediada em Vilnius (Lituânia), de onde é original, tem escritórios em Berlim, Utrecht e Praga e conta com mais de 45 milhões de utilizadores em 12 países da Europa, Estados Unidos e Canadá.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Chegou a Portugal a Vinted, plataforma de compra e venda de roupa em segunda mão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião