ISCTE Business School distinguida como “Escola Transformadora”. É a única portuguesa do PIR

O Positive Impact Rating, que avalia o impacto social na área da sustentabilidade, considera que a escola portuguesa conta com uma cultura de impacto positivo incorporada na sua gestão.

 

A ISCTE Business School foi distinguida como “Escola Transformadora” na edição deste ano do Positive Impact Rating (PIR), com um nível de 4 (de um total de 5). É a única portuguesa que consta do rating.

“A participação no PIR demonstra a importância que a ISCTE Business School atribui à voz da sua comunidade estudantil. Não há ninguém mais apto que os nossos próprios estudantes para avaliar a forma como a escola lida com desafios sociais e sustentáveis ​​e os prepara para se tornarem líderes empresariais responsáveis”, diz Maria João Cortinhal, diretora da Iscte Business School, em comunicado.

O PIR, que avalia o impacto social das instituições de ensino superior na área da sustentabilidade, consiste num rating realizado por estudantes e para estudantes. Através de um questionário, os estudantes responderam a 20 perguntas em sete dimensões de impacto e que se enquadram em três áreas: “Energizing”, “Educating” e “Engaging”. Nas três, a escola portuguesa atingiu resultados iguais ou acima da média global verificada.

Com uma pontuação global de 7,5 em 10, a ISCTE Business School alcançou uma pontuação de 7,8 na categoria “Energizing”, onde se avaliam dimensões como a gestão e a cultura da Escola, 7,3 na categoria “Educating”, que analisa os métodos de ensino, oferta formativa e apoio aos estudantes, e, finalmente, 7,4 na categoria “Engaging”, onde se enquadram a perceção da escola enquanto modelo de boas práticas e a sua envolvência com a comunidade.

No nível 5, classificadas com “Escolas Pioneiras”, estão a University for Business and Technology, no Kosovo, e a XLRI Xavier School of Managementn a Índia.

“O PIR foi desenvolvido como uma ferramenta para melhorar e transformar a educação empresarial. Permite que as universidades entendam o que é um impacto positivo para a sociedade, segundo os seus estudantes. O PIR destaca o potencial de melhoria, mesmo para universidades líderes”, explica Katrin Muff, presidente da Positive Impact Rating Association.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ISCTE Business School distinguida como “Escola Transformadora”. É a única portuguesa do PIR

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião