Arranca a vacinação dos jovens entre os 18 e os 29 anos. É por faixa etária decrescente

Arranca este domingo, a vacinação das faixas entre os 18 e os 29 anos. Convocatória vai realizar-se por ordem decrescente, sendo que nesta fase inicial será feita através de agendamento central.

A partir deste domingo, arranca a vacinação das faixas entre os 18 e os 29 anos, por ordem decrescente, como tem sido habitual. Nesta fase inicial, a convocatória vai realizar-se através do agendamento central, prevendo-se, posteriormente, a abertura gradual do auto-agendamento.

“A semana que se inicia a 4 de julho [este domingo] é a data estimada para o início da vacinação, por ordem decrescente, da faixa etária dos 18 aos 29 anos”, apontou fonte oficial da task force, em resposta ao ECO. Esta data está, portanto, em linha com o que tinha sido antecipado pelo coordenador do plano de vacinação contra a Covid, em audição na Comissão na Saúde, no Parlamento, a 23 de junho, bem como corresponde a uma antecipação face à meta anteriormente apontada, que previa que os maiores de 20 anos começassem a ser vacinados em agosto.

Ainda que numa fase inicial, a vacinação das faixas etárias dos 18 aos 29 anos vai ser feita “através de agendamento central, onde os utentes recebem um SMS ou telefonema”, tal como sucedeu com as faixas etárias anteriores, sendo que “posteriormente o auto-agendamento estará, gradualmente, disponível até aos 18 anos”, sublinha fonte oficial da task force.

Neste momento, o auto-agendamento está disponível para utentes com idade igual ou superior a 30 anos, o que permite que as pessoas destas faixas etárias possam escolher o local, bem como a data em que pretendem ser vacinadas. Recorde-se que é atualmente nas faixas etárias mais jovens que têm sido detetadas a maioria das novas infeções por Covid-19 em Portugal, pelo que há vários apelos por parte dos especialistas para se acelerar a vacinação nestas idades.

Portugal está neste momento a administrar, “de forma sistemática”, cerca de 100 mil vacinas por dia, sendo que a maior disponibilidade de vacinas veio alterar a metodologia criada para o auto-agendamento. Até à vacinação das faixas etárias acima dos 50 anos, a task force abria a vacinação na faixa etária seguinte quando 60% a 70% dos utentes no grupo etário acima estavam inoculados.

Não obstante, atualmente e por forma a acelerar o processo, quando é atingido 40% de vacinação numa faixa passa-se para a faixa abaixo. O objetivo é sempre que as faixas mais velhas “comecem primeiro, acabem primeiro e tenham sempre a vacinação superior às faixas seguintes”, explicou Henrique Gouveia e Melo.

A task force espera ter 85% da população portuguesa vacinada com a primeira dose da vacina até “meados de setembro”, segundo revelou Henrique Gouveia e Melo, em entrevista ao programa “360” da RTP3. Esta é a nova percentagem apontada pelos especialistas para se atingir a imunidade de grupo à luz da variante Delta, que é considerada 60% mais transmissível que o vírus original, e que é responsável pela maioria dos novos casos identificados em Portugal.

Em Portugal, há já mais de 5,3 milhões de portugueses vacinados com uma dose da vacina (o que representa 52% da população), dos quais mais de 3,2 milhões de cidadãos já completaram o processo de vacinação (32% da população), de acordo com o último relatório divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Arranca a vacinação dos jovens entre os 18 e os 29 anos. É por faixa etária decrescente

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião