Fidelidade paga 13,9 milhões por loja no antigo edifício do Diário de Notícias

Seguradora adquiriu uma loja de 1.300 metros quadrados n.º 266 da Avenida da Liberdade, em Lisboa. Imóvel está inserido no prédio onde funcionou, outrora, o Diário de Notícias.

A Fidelidade adquiriu uma loja em plena Avenida da Liberdade, em Lisboa, tendo desembolsado 13,9 milhões de euros. O imóvel com 1.300 metros quadrados foi comprado à Avenue e está localizado no rés do chão do edifício que foi, durante muitos anos, a icónica sede do Diário de Notícias.

É no número 266 da Avenida da Liberdade, uma das ruas mais caras da capital, que a Fidelidade, através da Fidelidade Sociedade Gestora de Organismos de Investimento Coletivo, acaba de investir mais de uma dezena de milhões de euros, informa a Cushman & Wakefield, que assessorou a operação, num comunicado divulgado esta quarta-feira.

Com uma área de 1.300 metros quadrados, trata-se de uma loja localizada no rés-do-chão do antigo edifício do Diário de Notícias, que foi comprado há cinco anos pela Avenue. O prédio — 266 Liberdade — resulta de um “ambicioso projeto de requalificação e reconversão promovido pela Avenue, para preservar um edifício de acentuado valor histórico e arquitetónico classificado como imóvel de interesse público”, lê-se no comunicado.

Manuel Calvão, administrador da Fidelidade SGOIC, comenta que esta aquisição “insere-se na estratégia do Fundo Aberto IMOFID de continuar a desenvolver um portefólio imobiliário de grande qualidade”. Por sua vez, Aniceto Viegas, CEO da Avenue, também citado em comunicado, destaca que “esta transação foi concluída em tempo recorde”.

Do lado da Cushman, Carlos Vieira Neto, associate do departamento de investimento, ressalva que esta transação mostra que o setor do retalho, “apesar de experimentar um abrandamento devido a fatores externos, continua a atrair capital”. O especialista acredita que “o retalho, no seu todo, retomará o protagonismo e dinamismo que teve no investimento imobiliário no passado recente“.

O 266 Liberdade foi comprado pela Avenue em 2016 e começou a ser restaurado dois anos depois, num investimento de 45 milhões de euros, como noticiou o ECO na altura. O prédio tem cinco pisos e mais de três dezenas de apartamentos de luxo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fidelidade paga 13,9 milhões por loja no antigo edifício do Diário de Notícias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião