TAP propõe “adiantamento de fundos” à Groundforce para pagar subsídios de férias

A TAP informou que apresentou uma proposta à Groundforce para um "adiantamento de fundos" que permita pagar os subsídios de férias aos trabalhadores da empresa de "handling".

A TAP apresentou “uma proposta” à Groundforce, disponibilizando-se para “fazer um novo adiantamento de fundos” para o pagamento dos subsídios de férias dos trabalhadores, como tinha acordado com os sindicatos. O adiantamento é feito “por conta de serviços prestados e a prestar”, anunciou a companhia aérea num comunicado.

Na semana passada, os sindicatos da Groundforce avançaram ter chegado a um acordo com a TAP para o pagamento dos subsídios de férias na empresa de handling. Face ao acordo, o STTAMP e o STAMA aceitaram retirar o pré-aviso de greve que tinham entregado para esta semana, enquanto o Sitava decidiu mantê-lo.

A informação agora divulgada pela TAP confirma que a empresa está, efetivamente, disponível para pagar os subsídios de férias aos trabalhadores da Groundforce. E lança mais luz sobre a forma como se poderá concretizar mais esta ajuda à empresa: “A TAP disponibilizará de forma imediata e a título excecional fundos a título de adiantamento do pagamento de serviços prestados ou a prestar pela Groundforce à TAP”, lê-se na nota informativa.

Mas a companhia aérea nacional vai ainda mais longe. Explica que, mediante o acordo que está em cima da mesa, “a Groundforce apenas poderá utilizar este montante para o pagamento de subsídios de férias dos seus trabalhadores, assim como os montantes inerentes a IRS e Segurança Social das remunerações”.

“Esta foi a solução encontrada para evitar que se precipite um cenário de disrupção operacional numa altura crítica para os clientes, contribuindo igualmente para a estabilidade socioeconómica dos trabalhadores da Groundforce”, explica a empresa, que ressalva que a medida tem “caráter absolutamente pontual e excecional” e “previne uma situação que, inevitavelmente, se iria refletir de forma prejudicial na atividade da TAP”.

(Notícia atualizada pela última vez às 19h27)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

TAP propõe “adiantamento de fundos” à Groundforce para pagar subsídios de férias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião