Já há 406 farmácias com testes comparticipados pelo Estado. Veja quais

Lista das farmácias e laboratórios que disponibilizam testes rápidos de antigénio comparticipados pelo Estado foi atualizada. Há, atualmente, 406 farmácias e 104 laboratórios abrangidos pela medida.

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) fez uma nova atualização à lista das farmácias e laboratórios que disponibilizam testes rápidos de antigénio comparticipados pelo Estado. Assim, há atualmente 406 farmácias e 104 laboratórios abrangidos por esta medida.

A 1 de julho os testes rápidos de antigénio à Covid-19 passaram a ser comparticipados a 100% pelo Estado. Esta medida prevê que sejam realizados, no máximo, quatro testes por mês nas farmácias ou laboratórios aderentes, sendo que este regime excecional não se aplica aos utentes com o esquema vacinal completo há pelo menos 14 dias, às pessoas que contraíram a infeção há menos de 180 dias e aos menores de 12 anos.

Neste contexto, esta sexta-feira, o INSA fez uma nova atualização à lista, adiantando que os testes rápidos de antigénio “podem ser realizados em 406 farmácias e 104 laboratórios aderentes”. A lista é “dinâmica”, pelo que pode ser alargada “à medida que mais estabelecimentos mostram disponibilidade para esta prestação”, assinala ainda a instituição liderada por Fernando Almeida.

A lista completa de farmácias abrangidas por esta comparticipação pode ser consultada no site do Infarmed (ver lista em baixo) e nela constam várias informações, como a morada, a localidade, o distrito e concelho de cada estabelecimento.

O objetivo passa por incentivar a testagem em massa da população, numa altura em que rápida disseminação da variante Delta tem levado a um aumento do número de infeções em Portugal.

Além disso, o Governo passou a exigir a apresentação de testes negativos à Covid-19, para quem não tem ainda um certificado digital válido, no acesso a espaços de restauração — a partir das 19h00 de sexta-feira e durante todo o dia aos sábados, domingos e feriados, nos concelhos acima do limiar de risco da Covid, que atualmente são 116 — e à hotelaria (neste caso em durante todos os dias e em todo o território continental).

Nos primeiros dias de aplicação desta comparticipação registaram-se alguns problemas informáticos, que dificultaram o trabalho dos profissionais e que levaram 25 farmácias a sair do programa. Certo é que a lista de farmácias e laboratórios abrangido tem vindo a aumentar, sendo que numa fase inicial contemplava 146 farmácias e havia 187 municípios sem qualquer teste comparticipado pelo Estado, tal como o ECO noticiou.

Veja a lista de farmácias com testes comparticipados pelo Estado:

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Já há 406 farmácias com testes comparticipados pelo Estado. Veja quais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião