Fisco está à procura de um novo armazém central em Lisboa

  • ECO
  • 28 Julho 2021

A Autoridade Tributária e Aduaneira está à procura de novas instalações para instalar um novo armazém central em Lisboa ou arredores com 3.500 metros quadrados.

A Autoridade Tributária e Aduaneira está à procura de novas instalações para instalar um novo armazém central em Lisboa ou arredores. O imóvel deve localizar-se a 35 quilómetros do centro de Lisboa e ter uma área cobertura de pelo menos 3.500 metros quadrados.

Este novo armazém deve ser térreo, incluir um cais carga geral para descarga de pesados, rampa para empilhadores, fácil acesso direto à via pública e estacionamento para pelo menos um camião e quatro ligeiros. Para além do mais deve ter 150 metros quadrados úteis destinados a escritórios.

O fisco já está a aceitar propostas e as candidaturas devem ser enviadas para a sede da Autoridade Tributária e Aduaneira, em Lisboa. Na candidatura deve estar incluída a proposta com a identificação do proprietário, valor da renda mensal, identificação completa do prédio proposto, planta de localização e projeto de arquitetura.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fisco está à procura de um novo armazém central em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião