Porsche entra na corrida ao espaço para desafiar Musk e Bezos

  • Joana Abrantes Gomes
  • 28 Julho 2021

A Porsche SE investiu 75 milhões de euros na Isar Aerospace, uma startup que tenta competir com a SpaceX de Elon Musk e a Blue Origin de Jeff Bezos no lançamento acessível de satélites para o espaço.

A Porsche SE quer competir com Jeff Bezos e Elon Musk na nova corrida ao espaço. Nesse sentido, a holding que controla a Volkswagen vai investir na startup Isar Aerospace, com sede em Munique, numa tentativa de assegurar o acesso a novas tecnologias espaciais, revela o Financial Times (acesso pago).

Em conjunto com a HV Capital e o grupo bancário Lombard Odier, a empresa alemã prepara-se para financiar a startup europeia em 75 milhões de dólares (cerca de 63,5 milhões de euros), elevando o financiamento total desta segunda ronda para 165 milhões de dólares e atirando o valor da empresa para os 550 milhões.

A Isar Aerospace é uma das startups europeias que tentam competir com a SpaceX de Elon Musk e a Blue Origin de Jeff Bezos no lançamento mais acessível de satélites para órbita terrestre.

“Estamos convencidos de que o acesso rentável e flexível ao espaço será um facilitador fundamental para inovações nas indústrias tradicionais, bem como para tecnologias e modelos empresariais novos e disruptivos”, disse Lutz Meschke, responsável pela gestão de investimentos da Porsche SE.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Porsche entra na corrida ao espaço para desafiar Musk e Bezos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião