Técnica consultora da UTAO escolhida para nova vogal da Anacom

O Governo escolheu Patrícia Silva Gonçalves para substituir vogal da Anacom que terminou o mandato. É técnica consultora da UTAO e esteve mais de dez anos no Banco de Portugal.

O Governo designou Patrícia Alexandra Martinho Correia da Silva Gonçalves, 45 anos, para o cargo de vogal da Anacom. O nome mereceu uma “apreciação muito positiva” da CReSAP “para o desempenho do cargo em causa”, tendo o Executivo solicitado à Comissão de Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação o agendamento de uma audição “no mais curto prazo”.

Patrícia Silva Gonçalves desempenha desde maio de 2013 o cargo de técnica consultora da Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO), tendo como principais atividades a análise das propostas de Orçamento do Estado e da Conta Geral do Estado, a elaboração da estimativa avançada para o saldo orçamental das Administrações Públicas e outras funções de pendor estatístico.

No currículo de Patrícia Silva Gonçalves está ainda uma passagem duradoura, de mais de uma década, pelo Banco de Portugal. Desempenhou funções de coordenadora de núcleo das Contas Nacionais Financeiras (entre agosto de 2012 e abril de 2013 e de economista no Departamento de Estudos Económicos (entre agosto de 2001 e junho de 2009).

A designação acontece numa altura em que outra vogal da Anacom está de saída. Isabel Maria Guimarães de Oliveira Rodrigues de Areia terminou a 24 de julho um mandato de seis anos como vogal do regulador das comunicações. Uma vez que os restantes membros do conselho de administração ainda se encontram a desempenhar mandatos válidos e este órgão é composto por um máximo de quatro vogais, Patrícia Silva Gonçalves deverá ser o nome escolhido em sua substituição.

O presidente da Anacom, João Cadete de Matos, foi diretor do Departamento de Estatística do Banco de Portugal na altura em que Patrícia Silva Gonçalves desempenhou funções nessa área do supervisor. Além disso, João Miguel André Monteiro Coelho, vice-presidente da Anacom, foi coordenador da UTAO numa altura em que a nova vogal já desempenhava as atuais funções nesse organismo da Assembleia da República.

Patrícia Silva Gonçalves tem agora de passar o crivo do Parlamento, que, não tendo poder de veto, emite um parecer que é normalmente tido em conta pelo Governo. O parecer “servirá depois para instruir a Resolução do Conselho de Ministros” que concluirá a nomeação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Técnica consultora da UTAO escolhida para nova vogal da Anacom

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião