Propor nome de amigo para emprego dá direito a bónus até 1.000 euros

Os colaboradores são convidados a recomendar um amigo e, caso o seu palpite seja certeiro, e a pessoa contratada, recebem um bónus monetário. Na ITSector pode ser mil euros. Tem 50 vagas.

Há empresas onde os colaboradores podem ter um papel ativo no recrutamento de novos membros para a equipa, e ainda ser recompensados por isso. Os colaboradores são convidados a recomendar um amigo para uma posição em aberto na empresa e, caso o seu palpite seja certeiro, e a pessoa contratada, recebem um bónus monetário. Na ITSector sugerir o nome de um amigo pode dar bónus de mil euros. Há 50 vagas à espera de uma recomendação.

“Acreditamos que os colaboradores são os nossos melhores embaixadores, transmitindo ao seu círculo pessoal e profissional toda a sua experiência positiva connosco e projetando esse mesmo positivismo para o que poderá ser o futuro de quem lhes é mais próximo. Estes afiguram-se como a primeira linha de transparência sobre o nosso ‘employer value proposition’, falando na primeira pessoa sobre a ITSector e a sua aspiração em torno do bem-estar e crescimento contínuo das suas pessoas”, afirma Stéphanie Dermagne, talent acquisition manager da ITSector, em comunicado.

Para que o valor monetário seja atribuído basta que o colaborador referenciado e o colaborador que fez a referência permaneçam na empresa de desenvolvimento de software por um período mínimo de 12 meses. O bónus pode alcançar os mil euros, consoante o nível de experiência e a categoria para a qual a pessoa referenciada foi contratada.

O prémio “Refer a Tech Friend” é uma estratégia dos recursos humanos da ITSector para encontrar novos profissionais, recorrendo ao networking dos próprios colaboradores, mas também para reter o talento.

Só este ano já foram admitidos 20 colaboradores através da iniciativa “Refer a Tech Friend” e estão agora em processo de recrutamento outros 20 candidatos.

Também a Biogen tem uma iniciativa semelhante. Na farmacêutica, que iniciou o programa de referenciação interna há mais de cinco anos, os colaboradores são incentivados a participar na captação de novos talentos. Em cada processo de recrutamento, os funcionários podem recomendar candidatos que considerem adequar-se à cultura da empresa e às funções em causa. E, caso faça match, a Biogen reconhece essa recomendação.

“Caso o candidato seja recrutado, o colaborador que o referenciou terá direito a um prémio financeiro, com um valor bastante simpático”, conta Anabela Fernandes, diretora-geral da Biogen Portugal, sem detalhar o prémio monetário.

Com esta iniciativa, que tem vindo a verificar uma adesão cada vez maior por parte dos colaboradores, a empresa quer demonstrar às pessoas que a sua voz é ouvida e que interfere no sucesso e crescimento de toda a organização.

ITSector abre 50 vagas

A tecnológica está, neste momento, à procura de 50 novos talentos. As vagas destinam-se à área de programação, para vários perfis, como REACT, .NET, JAVA, iOS, android, sharepoint, testers e analistas funcionais.

Os interessados podem verificar os requisitos e submeter a sua candidatura através deste link.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Propor nome de amigo para emprego dá direito a bónus até 1.000 euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião