PS queixa-se de “ajuste de contas” na comissão de inquérito ao Novo Banco

  • ECO
  • 3 Agosto 2021

Os socialistas entregaram uma longa declaração de voto para explicar a oposição ao relatório final da comissão de inquérito ao Novo Banco, o qual foi aprovado pelo PSD, Bloco, PCP, PAN e IL.

O Partido Socialista acusa a direita e o Bloco de Esquerda de transformarem a comissão de inquérito ao Novo Banco “num ajuste de contas com o PS”, dando mais responsabilidade no dossier ao Governo de António Costa, o qual foi responsável pela venda do banco ao Lone Star. Os socialistas acusam os partidos da direita e o ex-parceiro de geringonça de abandonarem a “linha factual das conclusões no capítulo da venda”.

Numa longa declaração de voto divulgada esta segunda-feira e citada esta terça-feira pelo Público, os socialistas escrevem que “o relatório preliminar [da autoria do deputado do PS Fernando Anastácio] foi injustamente acusado de enviesamento” e que “cabia ao PSD não ceder à vertigem das conclusões políticas”. O PS considera que existem sete conclusões do relatório final do inquérito “sem qualquer ligação aos factos apurados, algumas delas falsas”.

A opção de abandonar a linha factual do relatório levou à aprovação de conclusões de juízo político, algumas delas falsas, transformando o rol das conclusões numa amálgama inaceitável“, concluem os socialistas. O relatório final da comissão de inquérito ao Novo Banco foi aprovado na semana passada com o voto contra do PS e o voto favorável do PSD, Bloco, PCP, PAN e Iniciativa Liberal. O CDS absteve-se. Fernando Anastácio (PS) renunciou à condição de deputado relator por não se rever nas conclusões que foram entretanto aprovadas, pelo que o relatório final vai a plenário sem autor.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PS queixa-se de “ajuste de contas” na comissão de inquérito ao Novo Banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião