CTT entregam 700 mil Cartões de Cidadão, invertendo a queda nas receitas do correio

Os CTT entregaram 700 mil Cartões do Cidadão desde setembro, dos quais 400 mil no primeiro semestre. Negócio fez crescer receitas do correio, invertendo a tendência de queda que vinha a ser registada.

O maior volume de encomendas deu brilho aos CTT no primeiro semestre, mas não foi o único fator que puxou pelas contas da empresa. As receitas com o negócio do correio inverteram a tendência de queda que vinham a registar até aqui, e cresceram 6,6% até junho, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Com menos portugueses a enviarem cartas (o volume total de correio endereçado encolheu 5%), como se explica, então, esta subida nos rendimentos do correio? O relatório de resultados dos CTT fala num aumento do “contributo dos produtos de maior valor acrescentado”, que também têm “um maior valor unitário”.

Porém, na conferência telefónica com analistas, que decorreu esta sexta-feira de manhã, o presidente executivo da empresa, João Bento, lançou mais alguma luz sobre o assunto. O negócio do correio cresceu à boleia das entregas de Cartões de Cidadão, que passaram a ser asseguradas pela empresa no final de setembro do ano passado, por causa da pandemia.

Contactada pelo ECO, a companhia aceitou pôr um número nesse dado operacional: “Os CTT entregaram mais de 700 mil Cartões de Cidadão ao próprio desde 20 de setembro até hoje, dos quais cerca de 400 mil foram no primeiro semestre”, disse fonte oficial.

Fica, deste modo, explicada a inversão da descida dos rendimentos operacionais com o correio, que totalizaram 216,1 milhões de euros no semestre e são a principal rubrica de receita do grupo. Ainda assim, o negócio do Expresso e Encomendas está a ganhar terreno: cresceu 47,8%, para 125,8 milhões de euros, que já é mais de metade das receitas do correio.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CTT entregam 700 mil Cartões de Cidadão, invertendo a queda nas receitas do correio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião