Preços da Netflix aumentam em Portugal

  • ECO
  • 12 Agosto 2021

O plano Standard e o plano Premium aumentaram um euro e dois euros, respetivamente. O aumento das mensalidades é aplicado a partir de quinta-feira.

A Netflix aumenta os preços de dois dos seus planos de subscrição esta quinta-feira, em Portugal, avançou o jornal Expresso (acesso condicionado), esta manhã. A plataforma de streaming mais utilizada pelos portugueses agravou os preços dos planos Standard e Premium em um euro e dois euros, respetivamente.

O plano Standard custava 10,99 euros, mas agora está um euro mais caro, sendo 11,99 euros. O preço do plano Premium era 13,99 euros e aumentou dois euros, para 15,99 euros. O preço do plano correspondente ao serviço base mantém-se nos 7,99 euros. Estes são os preços dos planos atualmente em vigor em Portugal e podem ser consultados na página de informação da plataforma, disponível online.

O que há de diferente entre os três planos? O serviço base apenas permite ter um dispositivo onde pode assistir às séries e filmes e onde os descarregar. O plano Standard aumenta o número de dispositivos para dois, enquanto com o Premium se pode assistir e descarregar conteúdos em quatro dispositivos diferentes. O serviço HD está disponível no plano Standard e no Premium, sendo que este último — o mais caro — é o único a ter um serviço de Ultra HD. O serviço base não tem conteúdos HD ou Ultra HD.

Numa declaração enviada ao Público (acesso condicionado) para confirmar esta informação, a Netflix esclareceu que o aumento do preçário está relacionado com a melhoria consistente da qualidade de serviços prestados. “Continuamos a investir em grandes histórias de Portugal e de todo o mundo para proporcionar o melhor entretenimento a todos os nossos espetadores — independentemente da idade, género, etnia, crenças ou estado de espírito”, avança a Netflix. “Oferecemos uma gama de planos para que as pessoas possam escolher aquele que melhor lhes convém, assegurando que o maior número possível de pessoas possa desfrutar do nosso conteúdo”.

Os utilizadores, que estavam a pagar os preços antigos, vão receber um e-mail e uma notificação na app sobre a mudança, sentindo a diferença dentro de semanas. Quem subscreve a Netflix a partir de hoje, começa já a pagar os novos preços. A plataforma de streaming já tinha aumentado os preços nos Estados Unidos, no ano passado, e no Brasil, em julho.

No ano passado, foi aprovada a lei que taxa 1% anualmente sobre os serviços streaming, como a Netflix, que entrou em vigor a 17 de fevereiro de 2021. As plataformas têm de pagar uma taxa anual de 1% relativamente às receitas. A proposta foi aprovada pela Comissão Parlamentar de Cultura, na sequência de uma diretiva comunitária, de 2018, para regulamentar o setor da comunicação social audiovisual, nomeadamente, a oferta de conteúdos dos canais televisivos por subscrição e de VOD, ou seja, plataformas de partilha de vídeos e serviços audiovisuais a pedido. Em declarações ao ECO, a ministra da Cultura, Graça Fonseca, confessou não ter conhecimento suficiente para afirmar se esta taxa iria aumentar a mensalidade das plataformas para os consumidores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Preços da Netflix aumentam em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião