Livros escolares contam para IVAucher e dão desconto no IRS

  • ECO
  • 19 Agosto 2021

Para acumular IVA é preciso adquirir manuais até ao final deste mês. Para usufruir do voucher é preciso que o número de contribuinte dos menores esteja associado a um cartão bancário.

As famílias que comprarem manuais e livros escolares até ao final deste mês, numa livraria ou numa editora, poderão incluir esse valor no IVAucher e, ao mesmo tempo, incluir essa despesa no IRS, nas deduções de educação, avança o Público (acesso pago).

O gabinete de João Leão esclarece que para usufruir desses valores no âmbito do IVAucher é preciso, contudo, que o número de contribuinte dos dependentes esteja associado a um cartão bancário e seja feita a adesão ao programa. Só contam as faturas emitidas entre 1 de junho e 31 de agosto. Em setembro já não será possível acumular para o voucher.

Depois disso, entre 1 de outubro e 31 de dezembro, já só é possível descontar o valor do IVA reunido anteriormente, fazendo novas compras (embora aí também seja possível fazê-lo na aquisição de livros escolares).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Livros escolares contam para IVAucher e dão desconto no IRS

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião