Direto Portugal tem das “taxas de vacinação mais altas do mundo”

O Conselho de Ministros decidiu antecipar a segunda fase de desconfinamento. Em vez de arrancar em setembro, as medidas são aliviadas já a 23 de agosto.

A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, que é atualmente a primeira-ministra em exercício, fez esta sexta-feira o briefing do Conselho de Ministros extraordinário realizado por meios eletrónicos. A partir do Palácio da Ajuda, a ministra anunciou o arranque da segunda fase do plano de desconfinamento, antecipando um passo que estava programado para o início de setembro. Tal deve-se ao facto de Portugal ter alcançado a meta de 70% da população totalmente vacinada esta quarta-feira.

Ficou assim definido o alívio das seguintes regras a partir de 23 de agosto:

  • o número de pessoas por grupo no interior dos estabelecimentos de restauração e similares passa de 6 para 8 pessoas, e nas esplanadas de 10 para 15 pessoas;
  • os eventos, quer de natureza familiar, incluindo casamentos e batizados, quer culturais em recintos de espetáculo de natureza fixa, passam a ter o limite de ocupação de 75 %;
  • a partir de 1 de setembro, as Lojas de Cidadão passam a prestar o atendimento presencial sem necessidade de recurso a marcação prévia;
  • os transportes públicos deixam de ter limitação da sua capacidade de lotação e passa a ser permitida a utilização dos bancos dianteiros no transporte em táxi e no transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados a partir de plataforma eletrónica;
  • a ocupação, permanência e distanciamento físico relativa à afetação dos espaços acessíveis ao público passa a ter máxima indicativa 1 pessoa por cada 12,5 m2.

Reveja aqui:

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal tem das “taxas de vacinação mais altas do mundo”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião