Sondagem: SPD à frente do partido de Merkel pela primeira vez em 15 anos

  • ECO
  • 24 Agosto 2021

O Partido Social-Democrata alemão (SPD) ultrapassou o partido de Angela Merkel pela primeira vez em 15 anos, ao conquistar 23% das intenções de votos, contra 22% das intenções do partido de Merkel.

A cinco semanas das eleições, o Partido Social-Democrata alemão (SPD) ultrapassou o partido da chanceler Angela Merkel (CDU) pela primeira vez em 15 anos, ao conquistar 23% das intenções de votos numa sondagem realizada aos eleitores, avança o Bloomberg (acesso pago).

O partido de Merkel reuniu 22% das intenções de votos. No inquérito semanal do INSA para o jornal Bild am Sontag, a aliança da CDU com a CSU nunca tinha tido uma percentagem tão baixa. No domingo, uma outra sondagem do Bild, colocava os conservadores e o SPD empatados nas intenções de voto.

As eleições estão marcadas para 26 de setembro e está aberta a via de uma mudança de poder na Alemanha. Para Markus Soeder, líder da CSU (partido conservador na Bavieira), um governo liderado pelo SPD iria impor um “endividamento brutal”, abandonar orçamentos equilibrados e apoiar aumentos “maciços” de impostos.

No entanto, se os resultados da sondagem forem o reflexo final dos resultados das eleições, nenhum partido será capaz de formar um governo sozinho, o que provavelmente levará meses de negociações para construir uma coligação entre vários os partidos políticos. A atual coligação do SPD e CDU não seria mais viável, pois juntos não conseguiam alcançar os 50% dos votos.

O Partido Social-Democrata alemão (SPD) forma uma coligação com o CDU há dois mandatos seguidos. O ministro das Finanças alemão, Olaf Scholz, é o candidato do SPD para as eleições e é o político mais popular da Alemanha, tendo em conta que conseguiu passar uma imagem de confiança na sequência dos apoios disponibilizados às famílias e as empresas para mitigar os impactos da pandemia da Covid-19.

(Notícia atualizada às 16h45 com mais informações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Sondagem: SPD à frente do partido de Merkel pela primeira vez em 15 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião