Benfica avança 3% em bolsa após passar à fase de grupos da Champions

"Encarnados" vão encaixar 37 milhões de euros com entrada na fase de grupos da Liga dos Campeões. Ações somam quase 3%. PSI-20 também está em alta pela quarta sessão seguida.

O Benfica sofreu em Eindhoven, mas conseguiu qualificar-se para a fase de grupos da Liga dos Campeões. O bilhete vale 37 milhões de euros aos encarnados, que estão em bom plano no arranque da bolsa esta quarta-feira: as ações da SAD sobem 2,77% para 4,46 euros, o valor mais elevado em ano e meio.

Está a ser um arranque positivo também no PSI-20, que segue em alta pela quarta sessão consecutiva. O principal índice português sobe 0,18%, para 5.371,44 pontos, o nível mais elevado desde 21 de fevereiro do ano passado, antes do início da pandemia.

São dez as cotadas que apresentam ganhos nos primeiros minutos de negociações. As subidas são lideradas pela Sonae, dona do Continente, que soma 0,59%, para 0,934 euros, e pela construtora Mota-Engil, que está em alta de 0,52%, com cada ação a trocar de mãos a 1,366 euros.

Mas a dar força ao índice lisboeta estão, sobretudo, três “pesos pesados”: Jerónimo Martins, EDP e EDP Renováveis. As ações das três empresas sobem quase 0,5%. No caso da dona do Pingo Doce, a cotar nos 18,14 euros, negoceia perto de máximos históricos.

O BCP também segue a tendência geral da praça nacional, com uma valorização de 0,16%, para 0,125 euros.

Em pleno mês de agosto, o arranque da bolsa faz-se aparentemente sem grandes pressas, sendo que seis cotadas não registavam ainda qualquer variação face à sessão anterior, incluindo Semapa, Navigator e REN.

No cenário europeu, o Stoxx 600 ganha 0,1%, assim como o DAX-30 de Frankfurt. A bolsa de Paris avança 0,3% e Madrid abriu o dia praticamente inalterada face à sessão anterior.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Benfica avança 3% em bolsa após passar à fase de grupos da Champions

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião