China reabre um dos principais portos do mundo

  • Lusa
  • 25 Agosto 2021

O porto de Ningbo-Zhoushan, situado a 250 quilómetros a sul de Xangai, retomou o funcionamento a 100%, depois de ter sido encerrado parcialmente no início do mês devido a um caso de Covid-19.

A China suspendeu as medidas de prevenção contra o coronavírus num dos principais portos do mundo, parcialmente fechado no início de agosto após um surto de covid-19, e que penalizou o transporte logístico mundial.

O porto de Ningbo-Zhoushan, situado a 250 quilómetros a sul de Xangai, é um dos principais portos chineses de frete. No ano passado, 1,2 mil milhões de toneladas de mercadorias passaram pelo cais do porto, o terceiro maior do mundo em embarques.

A descoberta, em 11 de agosto, de um caso de covid-19 entre os funcionários do porto levou ao encerramento de um terminal, o Meishan, que tem capacidade para 10 milhões de contentores.

As restrições no Terminal de Meishan foram hoje suspensas para uma “retomada” gradual das operações, disse a televisão estatal CCTV, que cita um comunicado das autoridades locais.

O terminal deve estar totalmente operacional em 01 de setembro, revelou a mesma fonte.

Quase 2.000 funcionários foram colocados em isolamento, numa altura em que as cadeias de fornecimento global já estavam sob pressão.

O transporte marítimo tem sofrido forte pressão global, nos últimos meses, devido às restrições sanitárias e à recuperação da economia, o que impulsionou a procura por bens.

Em maio passado, o encerramento temporário do porto chinês de Yantian, no sul do país, devido ao coronavírus, resultou em semanas de atrasos no embarque de mercadorias.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

China reabre um dos principais portos do mundo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião