Agosto já foi melhor que 2020, mas voos nos principais aeroportos nacionais continuam abaixo do pré-pandemia

Já se nota o efeito da vacinação e do certificado digital nos voos em agosto deste ano, face a 2020. Mas o movimento nos principais aeroportos nacionais continua sem atingir o nível pré-pandemia.

O certificado digital e os avanços da vacinação permitiram alguma retoma do turismo neste verão, com o levantamento de restrições devido à Covid-19. Os voos nos principais aeroportos nacionais em agosto já recuperaram face a 2020, mas continuam ainda a registar quebras superiores a 20% quando comparados com o período pré-pandemia, em 2019.

Agosto é tipicamente o mês das férias de verão, altura em que nas ruas de Portugal se ouvem múltiplas línguas. Lisboa é um dos principais destinos, sendo que nesse mês em 2019, foram mais de 20 mil os voos realizados no aeroporto da capital. No ano seguinte, com o impacto da pandemia, o número caiu para menos de metade: foram 9.166 voos, segundo os dados do Eurocontrol cedidos ao ECO.

Já em 2021 começou a sentir-se alguma recuperação, e os turistas voltaram a encher as ruas da capital (e os portugueses a fazer as malas, também). Ainda assim, os voos foram menos um terço do que se registou no pré-pandemia: passaram pelo Aeroporto Humberto Delgado 13.916 voos em agosto deste ano.

Olhando para o aeroporto do Porto, a pandemia também roubou quase metade dos voos no mês de agosto, no primeiro ano da Covid-19. Os aviões que passaram pelo Aeroporto Francisco Sá Carneiro foram 9.603 em agosto de 2019, número que caiu para 5.410 no ano seguinte.

Em 2021, houve uma recuperação de 27% face ao ano passado, contando-se 6.911 voos no aeroporto da Invicta em agosto de 2021. Ainda assim, este número fica 28% abaixo dos níveis registados no pré-pandemia.

Já no caso de Faro, região mais procurada durante o verão pelo clima e pelas praias, a queda face a 2019 foi menos pronunciada. Não obstante, em agosto deste ano os voos que passaram pelo aeroporto farense foram menos 23% do que no mesmo mês quando ainda não tinha surgido a pandemia.

Quando a comparação é feita com 2020, é possível perceber novamente uma recuperação, ainda que ligeira. Contaram-se 4.633 voos em agosto de 2020 e 5.958 voos no mesmo mês de 2021, uma subida de 28,5%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Agosto já foi melhor que 2020, mas voos nos principais aeroportos nacionais continuam abaixo do pré-pandemia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião