Bolsa cai mais de 3% na pior semana em quase nove meses

PSI-20 caiu esta sexta-feira pela sexta sessão consecutiva e igualou o ciclo mais prolongado de perdas desde o final de janeiro. Registou um saldo semanal negativo de mais de 3%.

A bolsa portuguesa registou a pior semana em quase nove meses, depois de acumular perdas de mais de 3% desde a passada segunda-feira. A última sessão da semana foi de perdas não só para Lisboa, como também para as pares europeias. Madrid caiu mais de 1%.

Na sexta sessão consecutiva de perdas, igualando o mais prolongado ciclo de perdas desde o final de janeiro, o PSI-20, o principal índice português, caiu esta sexta-feira 0,61% para 5.306,87 pontos. No acumulado da semana, os prejuízos foram de 3,3%, no pior desempenho desde a semana terminada a 29 de maio, quando caiu quase 5%.

A última sessão da semana teve apenas cinco cotadas em terreno positivo, com a Altri a liderar os ganhos: a papeleira subiu 1,76% para 5,505 euros, após o Santander ter revisto o preço-alvo para os 9,8 euros, atribuindo um potencial de valorização de 80%.

A pressão vendedora fez se sentir sobretudo em torno das ações do BCP: o banco deslizou 2,41% para 0,1257 euros. Outro peso pesado nacional, a Jerónimo Martins desvalorizou mais de 1%.

O setor energético também teve um dia para esquecer, embora com perdas mais contidas: a Galp recuou 0,32% para 8,21 euros, numa altura em que os preços do barril de petróleo sobem mais de 2% com o telefonema entre os Presidentes dos EUA e da China a dar confiança aos investidores.

Por seu turno, EDP e EDP Renováveis caíram 0,34% e 0,27%, respetivamente.

No cenário europeu, o final da semana também ficou marcado pelas perdas. O índice de referência europeu Stoxx 600 cedeu cerca de 0,1%, assim como o DAX-30 alemão. Já o CAC-40 de Paris perdeu 0,5% e a bolsa de Madrid recuou 1,4%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsa cai mais de 3% na pior semana em quase nove meses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião