5 coisas que vão marcar o dia

Esta quarta-feira é dia do discurso sobre o estado da União Europeia da presidente do Executivo comunitário e termina o prazo para pedir o IRS em prestações.

Ursula von der Leyen faz, esta quarta-feira, o tradicional discurso sobre o Estado da União Europeia, que marca a reentré pós férias de verão. É dia também de conhecer o “caderno de encargos” dos patrões para o próximo Orçamento do Estado. Já para os contribuintes portugueses esta quarta-feira é o último dia em que é possível pedir para pagar em prestações o IRS. O Eurostat dá conta de como estão a evoluir alocações orçamentais para investigação e desenvolvimento.

Ursula von der Leyen discursa sobre Estado da UE

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von ver Leyen, profere esta quarta-feira o discurso anual sobre o Estado da União Europeia, perante o Parlamento Europeu. A intervenção do ano passado ficou marcada pela pandemia do novo coronavírus, que atirou o Velho Continente para a maior crise desde a II Guerra Mundial. O discurso do Estado da União é um momento relevante na rentrée depois das férias de verão, sendo uma oportunidade de o Executivo comunitário e os eurodeputados discutirem os desafios e prioridades para os meses seguintes.

Patrões apresentam “caderno de encargos” para OE

O Conselho Nacional das Confederações Patronais (CNCP) apresenta, esta quarta-feira, as suas propostas para o Orçamento do Estado para 2022. Do CNCP, fazem parte a Confederação dos Agricultores de Portugal, a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, a Confederação Empresarial de Portugal, a Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário e a Confederação do Turismo de Portugal. O “caderno de encargos” que será conhecido, esta quarta-feira, diz respeito às posições transversais a todas estas confederações, o que significa que as medidas setoriais que só serão comunicadas noutra ocasião.

Último dia para pedir IRS em prestações

Os contribuintes portugueses têm até esta quarta-feira para pedir à Autoridade Tributária para pagarem em prestações (no máximo, 12) o IRS. Isto para as dívidas de imposto iguais ou inferiores a cinco mil euros, não sendo preciso prestar garantias, desde que o contribuinte não seja devedor de outros tributos administrados pelo Fisco. O pedido do plano prestacional deve ser feito através do Portal das Finanças, isto é, por via eletrónica. Não havendo mais dívidas, o requerimento é deferido automaticamente.

Como estão a evoluir verbas para I&D?

O gabinete de estatísticas da União Europeia publica esta quarta-feira os dados preliminares relativos às alocações orçamentais registadas em 2020 para investigação e desenvolvimento. O Eurostat dará também a conhecer os números que relevam o impacto da pandemia na produção industrial em julho de 2021, o excesso de mortalidade e os custos do trabalho. Estes últimos relativamente ao segundo trimestre do ano, altura que ficou marcada pelo desconfinamento, o que deverá significar agora um recuo dos custos do trabalho, à boleia de um aumento das horas trabalhadas.

Avaliação do impacto macroeconómico do PT2020

E quando todos os olhos estão voltados para o Plano de Recuperação e Resiliência, a Agência para o Desenvolvimento e Coesão apresenta os resultados da “Avaliação do Impacto Macroeconómico do Portugal 2020″ feita pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto. No evento, realizado no Porto, vão ser debatidos os efeitos macroeconómicos do atual quadro comunitários de apoio e o seu impacto nas trajetórias de crescimento e convergência de Portugal e das suas regiões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião