Nas notícias lá fora: cheque energia, Putin e vacinas

  • ECO
  • 16 Setembro 2021

Putin terá de ficar em isolamento após a identificação de dezenas de casos de Covid-19 na equipa, numa altura em que a Moderna e a Pfizer indicam que a proteção dada pela vacina diminui com o tempo.

A subida dos preços da energia está a motivar medidas dos Governos, sendo que o francês decidiu avançar com um cheque de 100 euros para famílias de baixos rendimentos, para mitigar os efeitos. Já a pandemia continua a afetar o funcionamento normal das instituições, sendo que, desta vez, o Presidente russo Putin terá de ficar em isolamento após serem registados dezenas de casos de Covid na equipa. Já a Pfizer e a Moderna indicam que a proteção da vacina contra a Covid-19 vai diminuindo, pelo que deverá ser necessária uma dose de reforço. Veja estas e outras notícias que marcam a atualidade internacional.

Les Echos

Governo francês dá 100 euros a seis milhões de famílias para a conta da energia

O Governo francês anunciou que vai dar um cheque de 100 euros a cerca de seis milhões de agregados familiares de baixos rendimentos, para lhes permitir enfrentar a subida dos preços da energia. A ajuda vai ser entregue de forma automática em dezembro aos agregados que preenchem as condições que o primeiro-ministro, Jean Castex, ainda vai detalhar. O Executivo quer assim reduzir as consequências de uma subida, que considera “conjuntural”, dos preços da energia e que pode ter consequências graves durante o inverno, quando se prevê o aumento do consumo devido ao frio. O Governo francês já ajuda os agregados mais modestos na fatura energética com 150 euros.

Leia a notícia completa no Les Echos (acesso livre, conteúdo em francês)

Financial Times

Pfizer e Moderna dizem que proteção da vacina contra Covid-19 diminui com o tempo

A Pfizer e a Moderna admitem que a proteção das vacinas contra a Covid-19 pode diminuir com o tempo, numa altura que o regulador de medicamentos dos EUA se prepara para avaliar a aprovação de uma dose de reforço. Os dados dos estudos da Pfizer apontam para uma diminuição da proteção de seis a oito meses após a segunda dose da vacina.

Leia a notícia completa no Financial Times (acesso condicionado, conteúdo em inglês)

Reuters

Putin em isolamento com dezenas de casos de Covid na equipa

O Presidente russo Vladimir Putin anunciou que terá de passar “alguns dias” em auto-isolamento depois de dezenas de pessoas da sua entourage terem ficado infetadas com Covid-19. O anúncio foi feito pelo próprio Presidente através de uma mensagem de vídeo. Este anúncio surge um dia antes de os russos começam a votar para eleições legislativas que se prolongam até domingo. O escrutínio fica marcado pelo afastamento de importantes candidatos da oposição num escrutínio decisivo para o Kremlin e para as ambições de Putin. Nos meses que antecederam as legislativas, as autoridades desencadearam uma repressão sem precedentes sobre diversos setores da oposição para afastar os críticos mais conhecidos e desafiantes, em particular o círculo próximo de Alexei Navalny, considerado o principal rival do Presidente Putin, e ainda nos círculos liberal e comunista.

Leia a notícia completa na Reuters (acesso livre, conteúdo em inglês)

El País

Manifestantes em El Salvador querem separação de poderes e recusam bitcoin

Milhares de salvadorenhos manifestaram-se contra o Presidente Nayib Bukele, rejeitando a instauração da bitcoin como moeda legal de El Salvador e apelando ao respeito pela Constituição do país centro-americano. Durante a manifestação foi incendiado, no centro da capital, um dos 200 designados ‘Pontos Chivo’ instalados pelo governo para trocar bitcoins e dólares, as duas moedas legais no país. Os manifestantes escreveram “Não ao ‘Chivo’ de Bukele” (a palavra chivo tem o sentido de ‘ótimo’ em linguagem familiar, que o Governo usou para a qualificar a aplicação que permite operar com bitcoins, mas também significa ‘cabra’). A 7 de setembro, El Salvador tornou-se o primeiro país do mundo a fazer do bitcoin a sua moeda legal, ao lado do dólar, que tinha substituído a moeda nacional, o colombo, há 20 anos.

Leia a notícia completa no El País (acesso livre, conteúdo em espanhol)

Engadget

Há 37 novos emojis que vão chegar até 2022

Depois de um atraso motivado pela pandemia, o Unicode Consortium já concluiu o novo pacote de emojis. São 37 as novas imagens que vão chegar aos dispositivos entre o final do ano e ao longo de 2022. A nova seleção inclui uma cara sorridente a derreter, uma bola de espelhos, um troll, feijões e ainda mais variações dos tons de pele do emoji que simboliza um aperto de mãos.

Leia a notícia completa na Engadget (acesso livre, conteúdo em inglês)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nas notícias lá fora: cheque energia, Putin e vacinas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião