Trabalhadores do BCP e Santander marcam greve para 1 de outubro

  • Joana Abrantes Gomes
  • 16 Setembro 2021

Os seis sindicatos dos bancários decidiram marcar uma greve simultânea dos dois bancos, após a decisão do Santander, "em tudo semelhante à do BCP", em avançar com o despedimento coletivo.

Os seis sindicatos dos bancários decidiram esta quinta-feira convocar uma greve nos bancos Santander e BCP para o dia 1 de outubro. A decisão foi tomada na sequência de uma reunião com a comissão executiva do Banco Santander Totta, que os sindicatos consideram ter “mais uma vez” demonstrado “uma total insensibilidade” perante os seus trabalhadores ao avançar com o despedimento coletivo de cerca de 210 bancários.

Para os seis sindicatos – SBN, SIB, SBC, SinTAF, SNQTB e Mais Sindicato -, não resta outra opção senão a greve. “Apesar de tudo terem feito para evitar este desenlace, nunca se furtando ao diálogo e à negociação, apresentando soluções alternativas em cada momento, tanto no BCP como no BST, não foi possível vencer a intransigência das administrações – e mesmo depois de terem já reduzido cerca de dois mil postos de trabalho“, afirmam, em comunicado.

Ainda assim, o SBN, o SIB, o SBC, o SinTAF, o SNQTB e o Mais Sindicato garantem que “lutarão até ao final” pela defesa dos bancários e apelam a todos os trabalhadores para que participem na greve marcada. “Chegou o momento de os bancários fazerem ouvir a sua voz na defesa intransigente dos seus direitos e dos postos de trabalho”, lê-se no documento.

Os sindicatos recordam que a lei estabelece que são as Comissões de Trabalhadores quem tem competência
legal atribuída para participar na fase atual do processo, pelo que todas as questões devem ser-lhes dirigidas. No entanto, os representantes sindicais dos bancários dizem estar “preparados para intervir, assim e se o processo avançar”. Nesse sentido, os seus associados devem remeter aos respetivos serviços jurídicos todas as formulações que forem enviadas às CNT, “para que possam estar munidos dos elementos essenciais ao cabal
conhecimento do processo”.

(Notícia atualizada às 20h05)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trabalhadores do BCP e Santander marcam greve para 1 de outubro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião