Wall Street no vermelho apesar de dados positivos das vendas a retalho

Bolsas de Nova Iorque encerraram em terreno negativo, apesar dos dados das vendas a retalho, que foram positivos.

Os principais índices de Wall Street encerraram sem uma tendência definida, no dia em que foram conhecidos os dados das vendas a retalho nos Estados Unidos. O setor industrial acabou por ser beneficiado ao longo do dia, mas acabou com perdas, enquanto o tecnológico conseguiu manter-se em terreno positivo.

O S&P 500 desvalorizou 0,12 para 4.476,25 pontos, acompanhado pelo industrial Dow Jones que desvalorizou 0,18%, para 34.751,12 pontos. A contrariar esta tendência esteve o tecnológico Nasdaq a subir 0,13% para 15.181,9 pontos.

Este desempenho em Nova Iorque acontece depois de terem sido conhecidos os dados das vendas a retalho em agosto. Segundo o Departamento de Comércio, houve um aumento de 0,7% das vendas, anunciando uma tendência positiva dos gastos do consumidor.

“O consumo nos EUA não está a desacelerar tão rapidamente quanto aparentava há um mês, apesar dos estímulos mais fracos. Além disso, a variante Delta não afetou muito as indústrias que alimentam as vendas a retalho”, diz Chris Low, economista-chefe da FHN Financial, citado pela Reuters. “A economia continuou a funcionar bem em agosto”, acrescenta.

Dados publicados ontem também mostraram que o índice de preços do consumidor está a diminuir, indicando que a inflação provavelmente terá atingido um pico. Além disso, o mercado de ações tem lutado para manter os recordes atingidos no início de agosto devido às preocupações de que a recuperação económica possa perder força no final do ano, diz a Reuters.

Enquanto isso, o mercado de trabalho continua sob pressão, depois de os dados divulgados esta quinta-feira mostrarem que os pedidos iniciais de subsídio de desemprego foram um pouco superiores ao esperado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street no vermelho apesar de dados positivos das vendas a retalho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião