Regulador dos EUA aprova terceira dose da vacina para maiores de 65 anos e adultos de “alto risco”

O regulador do medicamento dos EUA autorizou a administração da terceira dose da Pfizer contra a Covid para todas as pessoas com mais de 65 anos, bem como a adultos de "alto risco". 

O regulador do medicamento norte-americano, a Food and Drug Administration (FDA), deu “luz verde” à administração da terceira dose da Pfizer para todas as pessoas com mais de 65 anos, bem como a adultos de “alto risco”.

No caso específico dos adultos de “alto risco”, em causa estão “profissionais de saúde, professores, trabalhadores de lares e de supermercados, bem como os que estão em casas-abrigo ou prisões”, apontou a presidente da FDA, Janet Woodcock, na quarta-feira à noite.

Esta decisão abre caminho a que as vacinas de reforço da Pfizer comecem a ser administrada ainda esta semana para as pessoas que receberam a segunda dose do fármaco há, pelo menos, seis meses, segundo a Reuters (acesso condicionado, conteúdo em inglês).

Até agora, o reforço da vacina contra a Covid-19 nos EUA era apenas autorizado para ser administrado em pessoas com o sistema imunológico mais frágil, isto é, imunodeprimidos, tal como acontece em Portugal. Recorde-se que a Pfizer já submeteu um pedido de autorização ao regulador norte-americano para administrar um reforço da vacina a pessoas com mais de 16 anos.

Regulador europeu deverá decidir sobre reforço da Pfizer em outubro

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) planeia decidir sobre um eventual reforço da vacina contra a Covid da Pfizer no início de outubro, avança a Reuters (acesso condicionado, conteúdo em inglês).

A decisão da EMA sobre a terceira dose da Pfizer é esperada para o início de outubro”, apontou um fonte próxima do processo à agência.

Foi a 6 de setembro, que o regulador europeu anunciou que ia começar a avaliar, a pedido do consórcio farmacêutico Pfizer/BioNTech, uma eventual terceira dose de reforço da vacina contra a Covid-19. Pessoas que completaram a sua vacinação primária – para restabelecer a proteção depois de esta ter diminuído”, acrescentou o organismo, numa alusão a informação dada pelas farmacêuticas. Dois dias antes, também a Moderna tinha submetido o mesmo pedido à EMA.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Regulador dos EUA aprova terceira dose da vacina para maiores de 65 anos e adultos de “alto risco”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião