Entrevista a Inês Sequeira Mendes. Edição de outubro da Advocatus

Na Advocatus de outubro pode ler a entrevista a Inês Sequeira Mendes, um especial sobre a liderança das firmas no feminino e ainda um balanço da Summit Porto.

Inês Sequeira Mendes chegou aos comandos da Abreu Advogados em maio deste ano. Mas recusa que o seu género tenha ditado o convite. A atual managing partner é sócia da Abreu desde 2012, tendo integrado a sociedade em 2006. Trabalha essencialmente em direito da concorrência, em estreita articulação com a estruturação de investimentos e com o desenvolvimento da atividade comercial das empresas.

Em entrevista à Advocatus, defende que a Ordem dos Advogados poderia ter um papel determinante na divulgação da faturação dos escritórios e assume que o IVA não deve ser equacionado no cálculo desse valor.

Inês Sequeira Mendes, managing partner da Abreu, em entrevista ao ECO/Advocatus - 21SET21

Se no final de 2020 existiam apenas duas managing partners de firmas do sexo feminino – Maria João Ricou e Mafalda Barreto -, 2021 está a ficar marcado por uma mudança. Inês Sequeira Mendes e Mónica Moreira assumiram este ano o lugar de topo das respetivas sociedades. E para 2022, Paula Gomes Freire substituirá o atual managing partner da VdA. A Advocatus foi conversar com as líderes das firmas.

A Advocatus Summit esteve de regresso à cidade do Porto para uma segunda edição. Tal como na edição anterior, este ano, o principal evento que liga a advocacia de negócios aos agentes empresariais e da economia, foi em formato digital. Os escritórios patrocinadores foram Abreu Advogados, PLMJ, AVM Advogados e PRA-Raposo, Sá Miranda & Associados. Contamos ainda com o patrocínio da Universidade Portucalense. Leia na nova edição da revista o balanço.

Débora Melo Fernandes, advogada Gama GlóriaHugo Amaral/ECO

Débora Melo Fernandes é a advogada do mês desta edição. A advogada especializada em direito público da Gama Glória fez um balanço sobre as recentes alterações na contratação pública e o estado da justiça. Segundo a advogada, uma justiça lenta deixa de ser justa e, por isso, se “tivesse uma varinha mágica”, melhorava o estado da justiça administrativa. Acredita ainda que a OA não deve substituir-se à faculdade nem ao patrono, mas antes focar-se naquilo que é específico da profissão.

João Caiado Guerreiro, managing partner da Caiado Guerreiro, esteve à conversa com a Advocatus e contou todos os pormenores sobre a parceria com a Jingsh Law Firm, escritório chinês. O advogado garante que criar este tipo de relações com firmas internacionais dá acesso mais direto ao mercado de outros países. Descubra todos os pormenores na rubrica sociedade do mês.

João Caiado Guerreiro, managing partner da Caiado GuerreiroHugo Amaral/ECO

O Manchester United vai pagar 15 milhões de euros pelo passe de Cristiano Ronaldo. O advogado do avançado português, Paulo Rendeiro, explicou à Advocatus algum do trabalho de bastidores. Descubra todos os pormenores da operação na rubrica negócio do mês da 130.ª edição.

Assine a revista Advocatus aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Entrevista a Inês Sequeira Mendes. Edição de outubro da Advocatus

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião