Portugal fez mais de 1,5 milhões de testes à Covid em setembro

Em setembro, Portugal realizou 1.599.376 testes de diagnóstico à Covid-19. Ou seja, uma média de mais de 53 mil testes por dia. É o valor mais baixo desde julho.

Portugal realizou mais de 1,5 milhões de testes à Covid em setembro, de acordo com os dados divulgados pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Em setembro, foram realizados em Portugal 1.599.376 testes de diagnóstico à Covid-19″, entre testes moleculares PCR e testes rápidos de antigénio, revela o SNS, através de uma publicação na rede social Twitter.

Trata-se de uma média de mais de 53 mil testes feitos por dia. Não obstante, a 24 de setembro foi o dia com mais testes realizados nesse mês, tendo sido realizados quase 78 mil testes de diagnóstico ao SARS-CoV-2.

Nos últimos meses, Portugal tem aumentado a estratégia de testagem contra a Covid. Ainda assim, o número de testes realizados tem vindo a decair ligeiramente desde julho. Nesse mês, foram batidos todos os recordes, tendo Portugal realizado mais de dois milhões de testes, com uma média diária de 65.537 testes, segundo os dados divulgados pelo Instituo Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

em agosto, foram realizados 1.673.227 testes de diagnóstico à Covid-19 em território nacional, entre testes PCR e testes rápidos de antigénio, o que representa uma média diária de 53.975 testes, de acordo com os dados divulgados pela entidade liderada por Fernando Almeida. Esta fasquia de mais de 1,6 milhões de testes realizados em agosto, ficou, portanto, a par e passo com o número alcançado em janeiro deste ano, o segundo mês com mais testes efetuados desde o início da pandemia. Já em junho, foram realizados 1.524.381 testes em território nacional, ou seja, um valor ligeiramente inferior ao alcançado em setembro.

Recorde-se que a partir de 1 de outubro, o Governo deixou de comparticipar os testes rápidos de antigénio à Covid, dado que com a elevada taxa de cobertura vacinal a medida é “residual”, segundo explicou o Ministério da Saúde ao ECO.

Além disso, com o avanço para a última etapa de desconfinamento a exigência de apresentação de certificado digital Covid (de vacinação, testagem ou recuperação) foi limitada a muito menos atividades, sendo apenas exigida para efeitos de viagens por via aérea ou marítima, nas visitas a lares e estabelecimentos de saúde, em grandes eventos culturais, desportivos ou corporativos ou para o acesso a bares e discotecas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal fez mais de 1,5 milhões de testes à Covid em setembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião