Perdas de 2,5% do BCP atiram Lisboa para o vermelho

A bolsa de Lisboa é das que mais perde esta quarta-feira na Europa. Está pressionada pelas ações do BCP, que já estiveram a cair em torno de 2,5%. Nos também penaliza.

A bolsa de Lisboa voltou a abrir em baixa, acompanhando as perdas registadas na maioria das praças europeias. Os investidores continuam com receio de que a escalada dos preços da energia dê gás à inflação, levando à redução de estímulos monetários por parte dos bancos centrais. Mas o foco também começa a incidir no arranque de mais uma temporada de apresentações de resultados pelas empresas.

Enquanto o Stoxx 600 cai 0,2%, o britânico FTSE 100 e o alemão DAX negoceiam sem alterações. O francês CAC-40 recua 0,3% e o espanhol IBEX perde 0,4%. Em Lisboa, o principal índice bolsista português, o PSI-20, perde 0,78%, para 5.519,08 pontos.

O índice é particularmente pressionado pelas ações do BCP, que desvalorizam 2,46%, para 15,88 euros por ação. Mas a Nos também o penaliza, recuando 1,46%, para 3,37 euros. O Orçamento do Estado proposto pelo Governo duplica a taxa que os fornecedores de TV paga têm de entregar ao Estado por cada assinante, o que prejudica o negócio de TV da companhia.

Na energia, a EDP Renováveis recua 0,57%, para 21 euros, enquanto a EDP cai 0,45%, para 4,616 euros. A petrolífera Galp Energia cede 0,40%, para 9,92 euros, numa altura em que o barril de Brent, referência para as importações nacionais, persiste a negociar acima dos 83 dólares, mas recuando 0,20%, para 82,25 dólares. Já a Greenvolt perde 0,98%, para 6,09 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Perdas de 2,5% do BCP atiram Lisboa para o vermelho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião