Carlos Costa e Pinheiro Pinto vencem Prémio Carreira da FEP

O ex-governador do Banco de Portugal e o especialista em fiscalidade são distinguidos pelo percurso que contribui para “consolidar o prestígio” da Faculdade de Economia da Universidade do Porto.

Carlos Costa, ex-governador do Banco de Portugal, é o vencedor do Prémio Carreira FEP 2021, com o especialista em fiscalidade e contabilidade, José Pinheiro Pinto, a ser reconhecido com o galardão relativo ao ano passado, que não tinha sido entregue devido à pandemia de Covid-19.

O Prémio Carreira distingue ex-alunos da Faculdade de Economia da Universidade do Porto (FEP) que se tenham destacado pelo seu percurso profissional e pessoal e que, por essa via, tenham também “contribuído para consolidar o prestígio” da instituição de Ensino Superior.

Atribuído pela primeira vez em 2011, o galardão já distinguiu Daniel Bessa, Rui Rio, Elisa Ferreira, Manuel Oliveira Marques (a título póstumo), Miguel Cadilhe, Francisco Olazabal, Fernando Teixeira dos Santos, Ricardo Fonseca e Alberto Teixeira.

O júri destas duas últimas edições foi presidido pelo diretor da FEP, José Varejão, (sem direito a voto), pela presidente do Conselho de Representantes da FEP, Manuela Aguiar, pelo presidente da Associação dos Antigos Alunos da FEP, Carlos Nunes, e por vários antigos alunos da faculdade: Ana Pinho, Fernando Freire de Sousa, José Redondo, Manuel Ferreira da Silva e Pilar Braga.

Ambos formados em Economia pela FEP, Carlos Costa (em 1973) e José Pinheiro Pinto (em 1972), que foram também professores nesta escola, vão receber os prémios referentes a 2021 e 2020 numa cerimónia agendada para 26 de outubro, às 17:00, no Salão Nobre da Faculdade de Economia do Porto.

Carlos Costa, antecessor de Mário Centeno na cúpula do Banco de Portugal, onde esteve entre junho de 2010 e julho de 2020, destacou-se na área de estudos económicos, da integração europeia, das questões bancárias e financeiras e da política monetária. Foi administrador da Caixa Geral de Depósitos, diretor-geral do Millennium BCP e vice-presidente do Banco Europeu de Investimento, tendo já sido recebido a condecoração de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

José Alberto Pinheiro Pinto, que deu aulas na FEP entre 1972 e 2013 e desenvolveu em paralelo a carreira na área da fiscalidade, iniciada em 1975 na Direção Geral dos Impostos. Contabilista certificado, revisor oficial de contas e membro do Tribunal Arbitral Tributário (CAAD), é autor de obras como “Custos Padrões”, “Reavaliação do Imobilizado”, “Tratamento contabilístico e fiscal do imobilizado” e “Fiscalidade”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Carlos Costa e Pinheiro Pinto vencem Prémio Carreira da FEP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião