Greenvolt compra 42% da espanhola Perfecta Energia

A empresa de energias renováveis da Altri concretiza a entrada na jovem empresa madrilena especializada em projetos solares fotovoltaicos para autoconsumo, garantindo a opção de chegar a 100% em 2024.

A Greenvolt anunciou esta quinta-feira a aquisição de uma participação de 42% na espanhola Perfecta Energia, que opera no setor das energias renováveis, na venda, instalação e manutenção de painéis de energia solar para autoconsumo de clientes residenciais.

A empresa de energias renováveis da Altri, que em junho tinha acordado a participação no aumento de capital da companhia fundada em Madrid em 2019, garantiu agora também a opção de adquirir a totalidade do capital em 2024.

Embora planeia a expansão a nível nacional, a Perfecta tem exercido atividade sobretudo na região central e oriental de Espanha. Em 2020 faturou 1,7 milhões de euros e para este ano prevê um crescimento “muito significativo”, uma vez que já tinha atingido 3,5 milhões até agosto.

Estes números estão incluídos num comunicado em que a Greenvolt destaca a “participação importante” que passa a deter numa empresa com “enorme potencial” no setor das renováveis no país vizinho, onde desenvolve projetos de eficiência energética, assim como de instalação de projetos solares fotovoltaicos para autoconsumo.

“Este segmento de negócio assenta na promoção da geração energética através de fonte solar fotovoltaica através de unidades de pequena dimensão para autoconsumo, sendo um contributo inequívoco para um modelo de transição energética descentralizado e promotor de soluções eficientes no atual contexto de preços de mercado”, lê-se na mesma nota.

Neste segmento de negócio, a empresa liderada por Manson Neto já detém uma participação maioritária numa das maiores empresas nacionais (Profit Energy). Em Portugal, opera cinco centrais de produção de energia termoelétrica a partir de biomassa residual florestal, com cerca de 98 MW de potência instalada; e uma central de produção de energia elétrica através de biomassa residual urbana de no Reino Unido, com cerca de 42 MW.

Através da subsidiária V-Ridum, a Greenvolt reclama já o estatuto de grande empresa europeia no desenvolvimento de projetos de energia eólica e solar fotovoltaica, com uma pipeline de cerca de 3,6 GW, dos quais 1,5 GW estão em fase avançada ou ready to build, estando presente na Polónia, Grécia, Itália, França, Roménia ou Bulgária.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Greenvolt compra 42% da espanhola Perfecta Energia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião