Marcelo vai “esperar até ao último minuto” pelas negociações para o OE

O Presidente da República reitera que vai esperar "até ao último minuto" pela aprovação do Orçamento. Se documento chumbar, vai ponderar cenários possíveis.

O Presidente da República diz que vai “esperar, até ao último minuto” pela chegada de um consenso entre o Governo e os partidos que permita a viabilização do Orçamento do Estado. Até lá, não estão no seu “espírito” os cenários após um chumbo do OE, quer seja o Governo continuar quer a dissolução da Assembleia.

Confrontado com as declarações do primeiro-ministro, que admitiu continuar a governar em caso de chumbo do OE, Marcelo Rebelo de Sousa reitera que “uma coisa é o Governo continuar em funções, outra coisa é a Assembleia da República ser dissolvida. Para já, nenhuma delas está no meu espírito até passar este período final de conversações entre partidos”, em declarações transmitidas pelas televisões.

“Até agora devo esperar, até ao último minuto”, apontou. Se não correr tudo como deseja e espera, isto é, a viabilização do OE, o Presidente passa a pensar nestes cenários. “Até agora não tenho pensado”, assegura, voltando a sublinhar que trabalha na “base do cenário que é o OE passar”. “A democracia é assim, também é feita de espera”, salienta.

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, estar preparado para continuar a governar, mas adiantou que respeitará se o Presidente da República tiver um entendimento diverso e convocar eleições antecipadas. “Se [os partidos] disserem que não, então eu estou preparado para cumprir os meus deveres para com o país, que é manter o país na trajetória de governação que tem vindo a ser prosseguida”, reiterou Costa. “Se o senhor Presidente da República entender de uma forma diversa, eu respeitarei a decisão, e estou preparado para tudo”, acrescentou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Marcelo vai “esperar até ao último minuto” pelas negociações para o OE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião