Eurostat alerta para “volatilidade extrema” nos preços dos combustíveis na UE

"Os preços dos combustíveis e lubrificantes para transporte pessoal na UE têm sido extremamente voláteis, com taxas de inflação anuais que variam entre  -20% e +20%", aponta o Eurostat.

Numa altura em que a subida das cotações do petróleo e derivados nos mercados internacionais está resultar em aumentos expressivos nos preços de combustíveis, ameaçando a retoma económica em vários setores, o Eurostat alertou esta terça-feira para um cenário de “volatilidade extrema” dos preços dos combustíveis rodoviários e lubrificantes na União Europeia (UE).

Nos últimos 20 anos, “os preços dos combustíveis e lubrificantes para transporte pessoal na UE têm sido extremamente voláteis, com taxas de inflação anuais que variam entre -20% e +20%”, indica o gabinete de estatísticas.

Neste contexto, o Eurostat sinaliza que esta volatilidade tem sido cada vez mais pronunciada nos últimos meses, com a taxa de variação anual a disparar de uma queda de 20% em maio de 2020, na sequência dos lockdowns provocados pela pandemia de Covid-19, para uma subida de 23% em setembro de 2021.

Em setembro de 2021, o Luxemburgo registou a maior taxa de variação anual entre os países da UE (+30,7%) no preço dos combustíveis e lubrificantes, seguido pela Roménia (+29,3%) e pela Eslovénia (+28,7%). Quanto a Portugal, está na 19.ª posição, com a taxa de variação a registar um aumento de 19,5% no preço dos combustíveis e lubrificantes.

Taxa de variação anual do preço dos combustíveis e lubrificantes em setembro de 2021Fonte: Eurostat

A taxa de variação anual do preço dos combustíveis e lubrificantes em território nacional está, assim, abaixo da média dos países do bloco comunitário (+22,9%), bem como de países como a Alemanha (+28,2%) e Espanha (+22,5%).

De recordar que, perante a subida do preço dos combustíveis, o governo português anunciou novas medidas. Assim, a partir de novembro o Executivo vai devolver aos portugueses 10 cêntimos por litro de combustível, até um máximo de 50 litros por mês, através do IVAucher. A medida vai vigorar até março de 2022 e é tomada depois de o Governo ter decidido decidiu devolver a receita extraordinária que o Estado está a receber em IVA sobre o ISP.

Em contrapartida, as taxas de inflação anuais mais baixas na UE foram registadas na Irlanda (+15%), seguidas por Itália (+17,5%) e pela Finlândia (+17,8%).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Eurostat alerta para “volatilidade extrema” nos preços dos combustíveis na UE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião