Galp tira energia ao PSI-20 com alívio nos preços do petróleo

Lisboa segue a caminho da terceira sessão consecutiva de perdas, em linha com a tendência europeia. Setor energético pressiona índice.

A bolsa de Lisboa está a perder valor, com a maioria das cotadas no vermelho, acompanhando a tendência negativa das congéneres europeias. Em destaque estão as cotadas do setor da energia, que contribuem para uma descida mais acentuada do índice português.

Neste contexto, o PSI-20 perde 0,21%, para 5.704,27 pontos, caminhando para a terceira sessão consecutiva de perdas. Das 18 cotadas nacionais, apenas quatro estão a subir, enquanto quatro estão inalteradas. As restantes estão a cair.

A contribuir para este desempenho negativo do índice de referência nacional estão as ações da Galp Energia, que recuam 1,26%, para 9,236 euros, no dia em que o preço do barril de petróleo desvaloriza nos mercados internacionais, embora continue em máximos de 2018.

Ainda no setor energético, destaque para a EDP Renováveis, que recua 0,25%, para 23,62 euros, enquanto a EDP cai 0,04%, para 4,84 euros. Por sua vez, a REN perde 0,19%, para 2,625 euros.

Nas restantes cotadas, a Altri recua 0,89%, para 5,585 euros, acompanhada pela Sonae, que desce 0,48%, para 0,9315 euros.

No lado oposto, a travar uma descida mais acentuada do PSI-20 estão os títulos do BCP, que sobem 0,13%, para 0,1569 euros, acompanhados pela Jerónimo Martins, que avança 0,05%, para 19,34 euros, no dia em que apresenta resultados trimestrais. Destaque ainda para a GreenVolt, que ganha 0,71%, para 7,08 euros.

Lisboa acompanha deste modo a tendência de perdas do resto da Europa, no dia em que o índice de referência europeu, Stoxx 600, recua 0,09%, para 475,32 pontos. O mesmo sentimento observa-se nos índices espanhol e italiano, que desvalorizam 0,36% e 0,18%, respetivamente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp tira energia ao PSI-20 com alívio nos preços do petróleo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião