Milhares de milhões de pessoas disseram “I love you” à Alexa no último ano

Na Web Summit, Tim Taylor, SVP da Amazon, revelou que a assistente virtual da Amazon tem imensos pretendentes. Só no último ano, disseram-lhe 'I love you' "dezenas de milhares de milhões de vezes".

Tim Taylor, SVP da Amazon, supervisiona 10 mil engenheiros que desenvolvem a AlexaWeb Summit via Flickr

Ao longo do último ano, marcado pelo isolamento causado pela Covid-19, os utilizadores disseram I love you (“eu amo-te”, em português) à Alexa, a assistente virtual da Amazon, “dezenas de milhares de milhões de vezes”. A revelação foi feita na Web Summit por Tim Taylor, o responsável da Amazon que supervisiona o produto.

A Alexa é a assistente virtual que alimenta alguns dos produtos vendidos pela Amazon, principalmente as colunas inteligentes Echo. Desde setembro que as versões internacionais do produto passaram a ser vendidas aos portugueses através da loja da Amazon Espanha, respondendo a comandos de voz dos utilizadores.

Tim Taylor subiu ao palco principal da conferência esta terça-feira de manhã para explicar porque é que a Amazon quer que os clientes “falem menos” para a Alexa. Sete anos depois do lançamento da assistente virtual, o responsável indicou que a tecnologia de inteligência artificial (IA) que alimenta o sistema, em breve, será capaz de detetar rotinas e programar-se sozinha — ou seja, exigirá cada vez menos intervenção por parte dos utilizadores.

A Alexa é o sistema que alimenta os dispositivos inteligentes Echo da AmazonPixabay

Na mesma intervenção, o responsável disse ainda que a intenção da Amazon é “democratizar ainda mais a IA” e recordou que, agora, qualquer pessoa é capaz de desenhar rotinas e configurar a Alexa. Algo que, há poucos anos, era tarefa mais vocacionada para cientistas de dados e engenheiros. Taylor chamou-lhe “self-service AI.

Os avanços nesta vertente têm sido possíveis graças à enorme quantidade de dados pessoais que a Amazon guarda dos seus clientes. A gigante do e-commerce sabe o que os consumidores pesquisam e aquilo que mais compram, informação valiosa que pode permitir até saber o que o utilizador quer antes mesmo de este pedir.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Milhares de milhões de pessoas disseram “I love you” à Alexa no último ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião