Colaboradores da Coface regressam ao escritório em modelo híbrido

A companhia decidiu implementar um modelo híbrido: três dias de teletrabalho e dois dias de trabalho presencial no escritório.

Após 18 meses em teletrabalho, os colaboradores da Coface regressaram esta semana ao escritório de forma parcial. À semelhança da maioria das organizações que estão a reabrir as portas dos seus escritórios, a companhia decidiu regressar num modelo híbrido: três dias de teletrabalho e dois dias de trabalho presencial no escritório.

“Durante este período, muitos empregados mudaram-se de novo para as suas cidades de origem, para as suas segundas casas ou procuraram novas habitações permanentes mais longe da capital, e, portanto, mais baratas e em ambientes mais tranquilos, melhorando consideravelmente a sua qualidade de vida”, começa por afirmar Carolina Carretero, diretora de
recursos humanos e comunicação da Coface, citada em comunicado.

“A manutenção de um modelo de trabalho híbrido, com uma presença obrigatória no escritório apenas de dois dias por semana, facilita a continuidade destas condições”, contínua a líder de RH, acrescentando que a empresa tem pela frente o enorme desafio de implementar uma nova forma de trabalho. Desafio esse que inclui “a política de hot desk” e a construção de “uma organização que nos permita otimizar o tempo em casa e o tempo no escritório, para que possamos aumentar ao mesmo tempo a eficiência, a produtividade e o nosso sentido de compromisso”.

A decisão só foi, contudo, possível graças aos níveis de eficiência e serviço ao cliente registados durante o período pandémico. Durante os últimos 18 meses, a Coface registou mesmo “níveis mínimos históricos de absentismo e baixas médicas por doença”, detalha a empresa.

Uma das medidas que a companhia considera ter contribuído para tais níveis de desempenho foi o investimento em equipamento, que foi fornecido a todos os colaboradores enquanto trabalhavam a partir de casa de forma obrigatória, nomeadamente computadores portáteis, “o que facilitou o teletrabalho e a mobilidade”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Colaboradores da Coface regressam ao escritório em modelo híbrido

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião