Lucro da Corticeira Amorim dispara 19,6% para 58 milhões

As vendas da Corticeira Amorim subiram 12% para 637,1 milhões e superam em 5,7% os valores pré-pandemia. Empresa liderada por António Rios Amorim vai voltar a pagar dividendo extraordinário.

A Corticeira Amorim registou lucros de 58 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, o que representa uma subida de 19,6%, anunciou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“Após resultados atribuíveis aos interesses que não controlam, a Corticeira Amorim encerrou os primeiros nove meses de 2021 com um resultado líquido acumulado de 58 milhões de euros, um aumento de 19,6% face ao mesmo período de 2020″, salienta a empresa.

Face ao bom desempenho, a empresa liderada por António Rios Amorim anunciou que irá voltar a pagar dividendo extraordinário. De acordo com a empresa, o “conselho de administração decidiu propor à Assembleia Geral de Acionistas, a realizar no próximo dia 3 de dezembro, a distribuição parcial de reservas distribuíveis de 0,085€ por ação”.

Esta decisão surge numa altura que as vendas da Corticeira Amorim totalizaram 637,1 milhões de euros até setembro deste ano, o que representa um crescimento de 11,5% face ao período homólogo do ano anterior.

“Após um início do ano ainda marcado pelos efeitos negativos da pandemia Covid-19 sobre as economias e padrões de consumo globais, a evolução favorável iniciada no segundo trimestre manteve-se nos últimos meses, verificando-se crescimento de vendas em todas as unidades de negócio. A salientar o regresso aos níveis de atividade pré-pandemia, tendo as vendas consolidadas superado as dos primeiros nove meses de 2019 em 5,7%”, realça a Corticeira Amorim.

Já o EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) consolidado atingiu 110,3 milhões de euros, uma subida de 16,3% face aos primeiros nove meses de 2020, beneficiando essencialmente do crescimento dos níveis de atividade.

No final de setembro, a dívida remunerada líquida da Corticeira Amorim cifrou-se em 29,9 milhões de euros, uma redução de 81 milhões de euros face aos 110,7 milhões de euros do final de 2020 e “o nível mais baixo desde junho de 2017”.

(Notícia atualização às 17h18 com mais informações)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lucro da Corticeira Amorim dispara 19,6% para 58 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião