SmartBus da Huawei percorre escolas portuguesas para fomentar utilização segura das TIC

A tecnológica estima que o SmartBus alcance entre quatro a cinco mil estudantes de duas dezenas de escolas, localizadas em cerca de 20 cidades de norte a sul de Portugal.

O SmartBus da Huawei já se fez à estrada. O autocarro educativo da tecnológica vai percorrer o país de norte a sul para promover, junto de crianças e adolescentes, entre os dez e os 14 anos, a utilização segura e responsável das novas tecnologias.

Sob o lema “Partilhar sem arriscar”, a iniciativa reforça o compromisso social e com a educação, que “são dos principais pilares da nossa empresa”, diz Tony Li, CEO da Huawei Portugal, em comunicado. A Huawei “está extremamente orgulhosa de poder dar este contributo à sociedade com um projeto que incentiva o desenvolvimento de ambientes digitais seguros e responsáveis, beneficiando jovens, famílias e escolas de todo o país”, acrescenta. “As crianças são o nosso futuro e, portanto, uma boa formação e educação no ecossistema tecnológico são essenciais para o seu desenvolvimento”, salienta.

Esta quarta-feira, o Huawei SmartBus esteve todo o dia no Externato Maristas, em Lisboa, onde foi apresentado, para esta quinta-feira iniciar a sua digressão, que vai passar por vários estabelecimentos escolares portugueses. As portas do autocarro estão abertas para receber crianças, pais e professores que pretendem aumentar os conhecimentos sobre o bom uso das tecnologias de informação e comunicação (TIC), através das sessões didáticas ministradas nesta sala de aula móvel.

“É tudo uma questão de partilhar sem arriscar, procurando formar e informar de uma perspetiva positiva, o que ajuda a construir os jovens talentos de Portugal”, defende Diogo Madeira da Silva, head of public affairs & communication da Huawei Portugal, recordando que o projeto SmartBus Huawei tem passado por vários países europeus desde o seu lançamento.

É tudo uma questão de partilhar sem arriscar, procurando formar e informar de uma perspetiva positiva, o que ajuda a construir os jovens talentos de Portugal.

Diogo Madeira da Silva

Head of public affairs & communication da Huawei Portugal

De acordo com o relatório “EU “Kids Online 20201, mais de 80% das crianças entre os nove e os 16 anos utiliza um smartphone para aceder à internet, enquanto 47% recorre a um PC ou laptop. Uma das conclusões deste estudo é que mais de 20% das crianças entre os nove e os 14 anos diz que já sofreu más experiências na web, sendo que 44% dos inquiridos procuraram aconselhar-se junto de amigos, 37% falaram com os pais de situações que os deixaram incomodados e apenas 7% falaram com professores sobre este tipo de situações.

“Com o projeto SmartBus, a Huawei procura contribuir para a educação dos mais jovens em Portugal, transmitindo os benefícios das TIC para aproveitar ao máximo e evitar os perigos que podem levar ao seu uso inadequado”, detalha a empresa.

A iniciativa estará ativa até ao início do mês de dezembro e inclui uma conferência sobre o tema, a levar a cabo na cidade do Porto e que fecha este roadshow nacional. A tecnológica estima que o SmartBus alcance entre quatro a cinco mil estudantes de duas dezenas de escolas, localizadas em cerca de 20 cidades de norte a sul de Portugal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

SmartBus da Huawei percorre escolas portuguesas para fomentar utilização segura das TIC

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião