SEF tenta promover 50 chefias antes da extinção

  • ECO
  • 24 Novembro 2021

Desde janeiro, o SEF lançou um total de 12 concursos, três para promover 50 chefias e os restantes nove para admitir 67 novos funcionários.

Depois da notícia de que iria ser extinto, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) abriu três concursos internos para promover 50 chefias, sendo que ninguém era promovido desde 2017, pelo menos, avança a CNN Portugal esta quarta-feira. Os elementos promovidos transitarão para a Polícia Judiciária, GNR e PSP com um nível de carreira superior, segundo o canal.

Os concursos foram lançados em março e abril deste ano e ainda estão por finalizar, mas já admitiram dois presidentes de sindicatos, de acordo com a notícia. O último concurso foi assinado pelo diretor nacional do SEF, Luís Francisco Botelho Miguel, um dia antes de o Conselho de Ministros aprovar formalmente a extinção do serviço, em 8 de abril.

Além disso, o SEF abriu nove concursos externos para contratar 67 funcionários, também já depois da notícia da sua extinção. Ou seja, entre janeiro e outubro de 2021, o SEF lançou um total de 12 concursos, um número muito superior ao verificado no período de 2017 a 2020, no qual se realizaram apenas cinco concursos, todos para admissão de pessoal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

SEF tenta promover 50 chefias antes da extinção

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião